O Bloco de Esquerda alertou hoje para para o aumento das vítimas de violência doméstica nos Açores com um protesto simbólico no centro da cidade de Angra do Heroísmo.

“Vivas nos queremos, nem mais uma” ou “ele diz que vai mudar”, foram algumas das mensagens transmitidas para alertar para o problema da violência doméstica.

Os Açores são a região do país com a maior taxa de incidência de violência doméstica do país.

O Bloco de Esquerda tem levado este assunto ao parlamento dos Açores. Nesta legislatura foram inclusivamente aprovadas várias propostas do Bloco, nomeadamente a possibilidade de se fazer uma denúncia através de uma aplicação de telemóvel e o alargamento do funcionamento da Linha Contra a Violência para 24 horas por dia, para facilitar a denúncia por parte das vítimas, e ainda a adaptação das Casas Abrigo para dar resposta diferenciada a vítimas idosas ou com incapacidade.

Infelizmente, o governo da coligação de direita não implementou estas medidas.