Vila Nova do Corvo

O Partido Socialista (PS) venceu hoje as eleições legislativas regionais dos Açores na ilha do Corvo, mas elegeu o mesmo número de deputados que a coligação PSD/CDS-PP/PPM (um cada).

Em 2020, as duas forças políticas já tinham elegido um deputado cada, mas o Partido Popular Monárquico (PPM), que concorreu coligado com o Partido Popular (CDS-PP), venceu as eleições com 40,77% dos votos, tendo o PS ficado em segundo lugar, com 35,82%.

Segundo os resultados preliminares da votação de hoje, o PS venceu no Corvo com 53,42% dos votos e a coligação, que nesta eleição integrou também o Partido Social-Democrata (PSD), obteve 39,74%.

O PS elege Lubélio Mendonça, auxiliar administrativo, que substituiu o deputado Iasalde Nunes na Assembleia Legislativa dos Açores em 2021.

Pela coligação é novamente eleito Paulo Estêvão, líder do PPM nos Açores, professor e deputado desde 2008.

Em 2020, o PPM formou governo com PSD e CDS-PP, numa coligação pós-eleitoral, que contava com os apoios de incidência parlamentar de Chega e Iniciativa Liberal.

O Corvo é a ilha mais pequena dos Açores e a que elege menos deputados à Assembleia Legislativa, apenas dois. Nesta eleição, tinha 355 eleitores inscritos, mais 18 do que em 2020.

Freguesias: 1

Total de Mandatos: 2

Inscritos: 355

Votantes: 307

Abstenção: 48 (13,52%)

Votos:

PS: 164 votos (53,42%) – 1 mandato

PSD/CDS-PP/PPM: 122 votos (39,74%) – 1 mandato

PCP-PEV: 10 votos (3,26%)

Chega: 2 votos (0,65%)

ADN: 1 voto (0,33%)

BE: 0 votos (0,00%)

Livre: 0 votos (0,00%)

PAN: 0 votos (0,00%)

Brancos: 6 votos (1,95%)

Nulos: 2 votos (0,65%)

PS – Partido Socialista (1): Lubélio de Fraga Mendonça

PSD/CDS-PP/PPM (1): Paulo Jorge Abraços Estêvão.

Partido Percentagem Mandatos
PSD, CDS-PP, PPM 39,74%
1
PS 53,42% 1
Chega 0,65%
BE 0,00%
IL ______________
PAN 0,00%
CDU 3,26%
Livre 0,00%
ADN 0,33%
JPP
Abstenção 13,52%