Os eleitores podem votar antecipadamente em 118 locais no estrangeiro para as eleições legislativas regionais dos Açores, mas não está garantida a entrega de material eleitoral nalguns países, segundo a Comissão do Recenseamento Eleitoral dos Portugueses no Estrangeiro.

Numa informação disponibilizada no sítio na Internet da Comissão Nacional de Eleições, a Comissão Organizadora do Recenseamento Eleitoral dos Portugueses no Estrangeiro (COREPE) elenca os locais do voto antecipado no estrangeiro, que pode ser exercido nos dias 23, 24 e 25 de janeiro.

Na Europa, o voto antecipado no estrangeiro está previsto em 43 consulados distribuídos por 29 países, enquanto no continente africano em 23 de 19 países.

Já na América, os locais de voto estão em 31 consulados de 12 países. Na Ásia e Oceânia, são 21 os consulados onde o voto antecipado pode ser exercido, localizados em 16 países.

Na mesma informação, a COREPE alerta que, “devido às condições atmosféricas em alguns países, não se encontra garantida a entrega de material em tempo útil”.

A Comissão Nacional de Eleições adianta que nas eleições legislativas regionais dos Açores podem votar, “desde que inscritos no recenseamento do território da Região Autónoma dos Açores”, os cidadãos portugueses e os cidadãos brasileiros residentes no arquipélago “com cartão de cidadão ou bilhete de identidade (com estatuto de igualdade de direitos políticos)”.

As eleições legislativas regionais antecipadas dos Açores realizam-se em 04 de fevereiro, na sequência do chumbo do orçamento para este ano.

Disputam os 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional um total de oito partidos e três coligações.