A PSP apreendeu, na semana passada, no aeroporto de Ponta Delgada, nos Açores, uma mala de viagem com 30 mil doses de haxixe, mas não foram feitas detenções, foi hoje revelado.

Segundo o Comando Regional da PSP, a apreensão foi feita por intermédio de polícias da Esquadra de Segurança Aeroportuária de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

A droga estava dissimulada dentro de uma mala de viagem, suspeitando as autoridades que terá sido abandonada na sala de recolha de bagagem, no Aeroporto João Paulo II, em Ponta Delgada.

Fonte da PSP adiantou à agência Lusa que a mala era proveniente de um voo com origem em território continental.

“Os factos foram comunicados ao Ministério Público, a quem compete a direção do inquérito”, lê-se na nota divulgada pela PSP.

No seu comunicado, o Comando Regional dos Açores sublinha que a prevenção e combate ao tráfico de estupefacientes “continuará a figurar na lista de prioridades da ação policial estratégica” em “toda a Região Autónoma dos Açores, não só por se continuar a relevar um fator claramente associado à prática de outros crimes, mas também pelo declínio e efeitos nefastos que provoca para a saúde e bem-estar dos consumidores destas substâncias”.