O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) elevou de 17 para 21 as ocorrências registadas no arquipélago devido à passagem da depressão Hipólito.

De acordo com um comunicado do SRPCBA, 10 ocorrências foram registadas na ilha do Pico, seis na Graciosa, quatro em São Jorge e uma em São Miguel, sendo que as situações reportadas correspondem, sobretudo, a inundações de vias, em habitações, transbordo de ribeiras e uma queda de árvore.

No anterior balanço, até às 15:49 locais (16:49 em Lisboa), tinham sido registadas 17 ocorrências, sendo nove no Pico, quatro em São Jorge e quatro na Graciosa.

Segundo o SRPCBA, nos locais das ocorrências, para apoio e resolução das situações, têm estado elementos dos bombeiros, da Direção Regional das Obras Públicas, dos Serviços Florestais, dos Serviços Municipais de Proteção Civil, da PSP e da GNR.

Devido à depressão, o IPMA emitiu, na terça-feira, um aviso laranja para as ilhas do grupo Central e Oriental dos Açores por causa do vento e da precipitação forte, podendo ser acompanhada de trovoada, situação que se deverá manter até ao início de quinta-feira.

O aviso laranja é o segundo mais grave da escala e é emitido em “situação meteorológica de risco moderado a elevado”.