O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Pedro Furtado, afirmou, esta terça-feira, que a autarquia está comprometida em “manter e estender a parceria” estabelecida com a Universidade dos Açores, reconhecendo-lhe o trabalho desenvolvido ao nível da “capacitação da juventude e qualificação da sociedade açoriana”.

“Em dia de aniversário, o Município de Ponta Delgada renova os seus votos de manter e estender a parceria que tem vindo a implementar com a nossa Academia: seja no recurso ao rigoroso saber científico que suporte o desenvolvimento sustentável de Ponta Delgada, em todos os seus domínios; seja no objetivo de com a universidade – da Reitoria aos gabinetes especializados, à Associação Académica e aos grupos culturais desta instituição – consolidar verdadeiramente Ponta Delgada como cidade universitária, mediante protocolos e medidas para este efeito, como aliás, já temos vindo a fazer”, indicou o autarca.

Pedro Furtado falava na sessão comemorativa do 48.º aniversário da Universidade dos Açores que decorreu no edifício da Aula Magna, no campus universitário de Ponta Delgada.
Declaradamente “orgulhoso com a longevidade” alcançada pela instituição de Ensino Superior, o Vice-Presidente do Município aproveitou ainda a ocasião para relevar que a autarquia vai avançar com investimentos de 14 milhões de euros para apoiar os objetivos da Universidade dos Açores e renovar o parque escolar do concelho.

“Reiteramos o compromisso assumido de, desde a primeira hora, apoiar em um milhão de euros a construção de uma nova residência universitária para a Universidade dos Açores que permita uma maior atratividade e fixação da sua comunidade estudantil. A esta quantia adicionamos mais cerca de 13 milhões de investimento para renovação do nosso parque escolar do 1º Ciclo – constituído por cerca de 40 edifícios – nomeadamente em grandes intervenções em escolas nos Fenais da Luz, na Fajã de Cima, na Vila das Capelas e em São Vicente Ferreira”, sinalizou.

Na ocasião, Pedro Furtado recordou ainda que o atual executivo camarário alargou os critérios do Programa de Apoio a Atribuição de Bolsas de Acesso ao Ensino Superior de forma a abranger ainda mais estudantes do concelho, tendo indicado que as respetivas candidaturas decorrem até ao final do corrente mês.

“O período de candidaturas para a Atribuição de Bolsas de Estudo iniciado em setembro ainda decorre e a Câmara Municipal de Ponta Delgada, já no final de 2023, mais do que tinha triplicado a verba atribuída para este ano letivo, apoiando quase 170 alunos do concelho, número que pode, ainda, aumentar até final deste mês de janeiro, quando terminam as candidaturas”, aprofundou.

Ainda ao nível de incentivos no domínio do Ensino Superior, o Vice-Presidente acrescentou que a Câmara Municipal de Ponta Delgada assinou recentemente com a Fundação Gaspar Frutuoso um protocolo de cooperação para o Prémio de Mérito de Ingresso ao Ensino Superior, que define a atribuição de um valor de mil euros ao estudante que resida no concelho de Ponta Delgada e venha a obter a nota mais alta no ingresso à Universidade dos Açores numa das suas licenciaturas.

Na sua intervenção, Pedro Furtado não deixou de elogiar a forma como a academia tem superado “as dificuldades conjunturais e estruturais” com que se vem a confrontar, sem nunca permitir enfraquecer o estatuto consolidado de ser “Açoriana, Atlântica e Universal”.
“Mantemos, por isso, a vontade, a abertura e a sempre pronta disponibilidade da Câmara Municipal de Ponta Delgada para continuar a contribuir de forma relevante para a excelência da Universidade dos Açores”, concluiu.