O Navio da República Portuguesa (NRP) Figueira da Foz terminou hoje o acompanhamento de um navio de investigação científica russo, que teve início no dia 25 de dezembro.

“O NRP Figueira da Foz terminou hoje o acompanhamento do navio de investigação científica russo ‘Akademik Keldysh’, que tinha começado no dia 25 de dezembro. O navio da Marinha largou de Ponta Delgada durante o dia de Natal para acompanhar e monitorizar o navio de investigação científica russo”, lê-se num comunicado da Armada.

De acordo com o ramo, o navio tem uma guarnição de 36 militares e é comandado pelo capitão-tenente Pereira Eusébio, encontrando-se em missão na Zona Marítima dos Açores, “onde estará até meados de fevereiro de 2024”.

A Marinha compromete-se a continuar a “monitorizar e a acompanhar a passagem deste tipo de navios, efetuando a patrulha permanente dos espaços marítimos sob soberania ou jurisdição nacional de modo a garantir que não são realizadas quaisquer atividades lesivas para o país e a promover e proteger os interesses de Portugal no e através do mar”.

A Marinha Portuguesa tem acompanhado vários navios russos desde o início do ano, na sua passagem ao largo da costa nacional.

Estas missões tornaram-se mais frequentes desde o início da guerra na Ucrânia, em 24 de fevereiro de 2022.