O Marítimo SC venceu o AD Oeiras ”B” no passado domingo por 5 – 2, no pavilhão Municipal Carlos Silveira, numa partida da 18ª jornada do Campeonato Nacional da 3ª Divisão Zona Sul “B” de Hóquei Patins.

Foi um jogo que no fundo foi um pouco mais difícil do que o resultado faz parecer ao longo dos cinquenta minutos. O Marítimo começou muito bem e ainda estávamos no primeiro minuto e já os azuis da Calheta marcavam por intermédio de Octávio Zangheri, com assistência de Henrique Viçoso.

O 2 – 0 apareceu aos 19:25 numa jogada toda ela de “Argentinos”, Vilson Bartolotto marcou, com assistência de Octávio Zangheri. Houve ainda a possibilidade do terceiro golo de bola parada (livre direto) não concretizado por Octávio Zangheri.

O Júlio Soares fazendo uma leitura do jogo começou a rodar a equipa e o rendimento decaiu um pouco e o Oeiras criou oportunidades e reduziu o marcador para 1 – 2 com golo de Afonso Magro ao minuto 3:44, resultado com que terminou a 1ª parte.

O Oeiras na 2ª parte entrou bem, subiu o bloco e pressionou o Marítimo, só que Júlio Soares já esperava esta reação pois quem precisava de marcar eram os Continentais e os primeiros 10 minutos foram muito disputados. Foi uma fase do jogo que o Marítimo sofreu com paciência, mas não deixou de apontar a baliza adversária como alvo a atingir e Alexandre Resendes fez o 3 – 1 ao minuto 8:31.

Com a marcação deste golo o Oeiras abriu mais linhas, facilitou as transições do Marítimo e Tiago Botelho faz o 4 – 1 com assistência de Vilson Bartolotto aos 3:43. O Oeiras não baixou os braços continuou a pressionar fez boas transições e reduziu para 2 – 4 por António Silva ao minuto 1:21.

No minuto final deste jogo os azuis da Calheta aceleraram um pouco “matando” o jogo com a marcação do 5 – 2 por intermédio de Tiago Leite, com assistência de Tiago Botelho. Pouco tempo depois o árbitro Rui Leitão deu por terminada a partida, com o resultado de 5 – 2 para o Marítimo SC.

Foi um jogo com um justo vencedor que o Marítimo soube gerir. Tem na baliza Tiago Simões e Nuno Teixeira, dois guarda-redes que dão muita confiança aos demais colegas. Neste jogo Júlio Soares não contou com Carlos Guimarães por lesão, mas a recuperar bem pois viu o jogo da bancada junto da sua família.

Pelo lado do Oeiras temos uma equipa muito jovem a começar pelo seu treinador Diogo Dias que dá e recebe dos seus pupilos muita confiança e a preparar estes jovens para um futuro próximo. São jovens oriundos dos Sub 19 e 23 tendo no seu capitão André Fragoso o jogador mais experiente da equipa.

Este jogo foi dirigido por Rui Leitão árbitro de categoria A1, que mais uma vez foi competente, deixou jogar, mas controlou o jogo. Exibiu o cartão azul numa única ocasião para os Continentais e não foi o protagonista, sendo assim nada a apontar ao seu trabalho.
Fazendo uma análise à tabela classificativa o Marítimo continua na frente, mas é preciso não esquecer que o Sporting CP “B” está em 2º lugar com dez pontos de atraso, com um jogo em falta da 12ª jornada com o HC Ponta Delgada a realizar em São Miguel, que só se irá realizar em 18 maio.

Contudo, poderá ser vital o jogo entre o Marítimo e Sporting, na atribuição do campeão desta Zona Sul “B” dependendo da classificação geral naquela altura de ambos.
O jogo entre o Marítimo SC e o Sporting CP, será a 19 de maio, da 29ª jornada e penúltima a realizar em Ponta Delgada.

Marítimo SC

Cinco Inicial: GR Tiago Simões, Henrique Viçoso, Octávio Zangheri, Tiago Botelho e Vilson Bartolotto

GR Nuno Teixeira, Hélder Capinha, Tiago Leite, Alexandre Resendes e Marco Resendes

Marcadores: Tiago Leite (1), Vilson Bartolotto (1), Alexandre Resendes (1), Tiago Botelho (1) e Octávio Zangheri (1).

Treinador: Júlio Soares

AD Oeiras “B”

Cinco Inicial: GR Rodrigo Pratas, Manuel Silva, António Silva, André Fragoso e Afonso Magro.
GR Telmo Emídio, Ruben Almeida, Diogo Serrano, Sebastião Dias e Martim Matos

Marcadores: António Silva (1)e Afonso Magro (1).

Treinador: Diogo Dias

Disciplina: Ruben Almeida (cartão azul)