A Polícia Marítima apreendeu 31 quilos de pescado e uma arte de pesca denominada de “palangre”, na sequência de uma ação de fiscalização realizada em Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores, foi hoje revelado.

Em comunicado de imprensa, a Polícia Marítima adianta que as apreensões foram efetuadas na quinta-feira, por elementos do comando local de Ponta Delgada, “no decorrer de uma ação de fiscalização dirigida à utilização da arte de pesca denominada de ‘palangre’”.

Durante a ação de fiscalização, a Polícia Marítima “detetou uma embarcação com uma arte de pesca, denominada de ‘palangre’, com aproximadamente 2.000 metros de comprimento, oito gamelas e 2.000 anzóis, que não se encontrava licenciada”.

“Foi elaborado o respetivo auto de notícia e, como medida cautelar, os elementos da Polícia Marítima apreenderam a arte [de pesca] e os 31 kg de pescado, que será vendido em lota, ficando o valor a reverter a favor do processo”, lê-se na nota.

Segundo a Polícia Marítima, no decorrer da ação foi ainda detetada uma embarcação de pesca que não cumpria a lotação mínima de segurança, tendo a Polícia Marítima elaborado o respetivo auto de notícia.