O Grupo SATA transportou 2,4 milhões de passageiros em 2023, um aumento de quase 25% face ao ano passado, com a taxa de ocupação dos voos a ultrapassar os 79%, foi hoje anunciado.

“Em 2023, as companhias aéreas do Grupo SATA registaram um crescimento consistente no número de passageiros transportados, totalizando 2,4 milhões de passageiros, o que representa um aumento de 40%, comparado com o ano de 2019 (pré-pandemia) e de 24,8% em relação a 2022”, indicou, em comunicado.

Conforme precisou, neste período, a SATA Air Açores transportou cerca de 952.000 passageiros e a Azores Airlines aproximadamente 1,4 milhões de passageiros, o que se traduz em aumentos de, respetivamente, 39,7% e 60,3%.

No ano passado, a taxa de ocupação dos voos fixou-se em 79,1%, mais 5,6 pontos percentuais face a 2022.

Só no terceiro trimestre, a taxa de ocupação ascendeu a 83,7%, um máximo desde 2019.

Por sua vez, o índice de regularidade das companhias aéreas situou-se acima dos 95%, com 4,5% dos voos cancelados, “a maioria devido a condições atmosféricas adversas às operações”, num total de 28.437 voos realizados.

“Este aumento significativo no número de passageiros transportados em 2023, reflete não só a confiança renovada nas companhias aéreas do Grupo SATA, mas também destaca a importância fundamental do trabalho coletivo que tem permitido que as interações com os passageiros, desde a reserva ao desembarque, tenham contribuído para uma experiência positiva na SATA Air Açores e na Azores Airlines”, afirmou, na mesma nota, a presidente do Grupo SATA, Teresa Gonçalves.