A Comissão Nacional de Eleições (CNE) recebeu 31 queixas e quatro pedidos de parecer relativos às eleições para a Assembleia Legislativa Regional dos Açores, marcadas para 04 de fevereiro, disse hoje à agência Lusa fonte daquela entidade.

“Foram recebidas 31 queixas e quatro pedidos de parecer”, afirmou a fonte, explicando que tal resultou na abertura de 35 processos.

Segundo a CNE, das 31 queixas 30 são sobre a neutralidade e imparcialidade de entidades públicas e uma outra queixa refere-se ao tratamento jornalístico de candidatura e é contra um órgão de comunicação social.

Quanto aos pedidos de parecer, a CNE adiantou que dizem respeito ao tratamento jornalístico das candidaturas, publicidade comercial, neutralidade e imparcialidade das entidades públicas e propaganda eleitoral.

As eleições legislativas regionais dos Açores, antecipadas na sequência da dissolução do parlamento na sequência do chumbo do orçamento para este ano, realizam-se em 04 de fevereiro.

Onze forças políticas (oito partidos e três coligações) disputam os 57 lugares da Assembleia Legislativa Regional.

A campanha eleitoral arranca no domingo, terminando em 02 de fevereiro.