“As afirmações de José Manuel Bolieiro são falsas e hipócritas porque foi o atual Governo que não garantiu no Plano de Recuperação e Resiliência o dinheiro para a 2.ª fase do projeto da ligação Furnas-Povoação, optando por outros investimentos. Ou seja, quando afirma que a Povoação é uma prioridade isso é totalmente falso”.

Pedro Nuno Melo, candidato do Partido Socialista pelo círculo eleitoral de São Miguel às eleições legislativas regionais de 4 de fevereiro, lamentou, esta segunda-feira, a “falsa narrativa” utilizada por José Manuel Bolieiro, em relação aos investimentos projetados para o concelho da Povoação.

De acordo com o socialista, “só pode tratar-se de uma piada de mau gosto” quando o líder da coligação do PSD/CDS/PPM assegura que o acesso ao concelho da Povoação foi uma prioridade do seu Governo, quando, na verdade, “se limitaram a dar continuidade e a inaugurar obras que já vinham a ser implementadas pelo Governo anterior da responsabilidade do Partido Socialista”.

“Passaram três anos desde que este Governo entrou em funções e ficou hoje comprovado, durante a visita de José Manuel Bolieiro às obras, projetadas e iniciadas pelo PS, de construção da Variante às Furnas, que a narrativa utilizada não corresponde à verdade”, frisou o dirigente socialista.

“Estranha-se que se venha agora, em campanha eleitoral, definir como prioridade o acesso ao concelho da Povoação, quando foi o Governo do Partido Socialista que ao decidir e adjudicar a construção da Variante às Furnas, deu início à elaboração do projeto da estrada de ligação Furnas – Povoação”, referiu.

Pedro Nuno Melo acrescentou, ainda, que ao contrário, e para que se perceba o que significa a prioridade “o Governo da Coligação PSD/CDS/PPM apenas inscreveu, na proposta de Orçamento para 2024, uma verba de 50 mil euros!!!”.