A Câmara da Horta vai isentar jovens até 35 anos do pagamento de Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT) na aquisição de habitação própria permanente até 200 mil euros, anunciou hoje a autarquia.

O presidente da Câmara Municipal da Horta, Carlos Ferreira, refere numa nota de imprensa que a medida “se engloba na visão estratégica de futuro do município” e visa “a captação e fixação de jovens na ilha do Faial”.

A proposta, que faz parte da aposta estratégica do município para 2024 e que já foi aprovada em Assembleia Municipal, será materializada através de uma alteração ao Regulamento de Atribuição de Benefícios Fiscais do Município da Horta, atualmente em vigor.