A Igreja Paroquial Santíssimo Salvador do Mundo, na Ribeirinha, concelho da Ribeira Grande, nos Açores, tem danos estruturais muito graves, que foram agravados pela chuva, pelo que, por motivos de segurança, vai fechar para obras de reparação.

A informação foi divulgada hoje na página da internet da Diocese de Angra.

Num comunicado, a Diocese de Angra indicou que a cobertura e teto da igreja “sofreram danos estruturais irreparáveis, agravados com as últimas chuvas”, pelo que os “pareceres técnicos do Laboratório de Engenharia Civil dos Açores e do gabinete de Proteção Civil da autarquia da Ribeira Grande” foram “unânimes na premência do encerramento” do templo.

“A nossa Igreja, como todos sabeis, revela sinais de evidente degradação na sua cobertura, agravados pelas últimas chuvas desta semana que provocaram danos estruturais irreparáveis que exigem uma intervenção de fundo”, lê-se na página da Diocese.

Por isso, e tendo em conta que se trata de um espaço “frequentado por um elevado número de crianças, adultos e idosos”, foi decidido “antecipar o encerramento da Igreja até à conclusão da obra e estarem garantidas todas as condições de segurança”, acrescenta o comunicado.

Além das infiltrações e do descolamento das estruturas de estuque, a impermeabilização do telhado não evita a queda de água dentro do espaço, “constituindo um perigo para todos os que frequentam a Igreja, para além do desconforto que é participar numa celebração com água a pingar e a escorrer pelas paredes”, refere também a nota.

Devido ao encerramento do templo, as celebrações litúrgicas passam, a partir de hoje, para o salão paroquial até ficar concluída a obra de reparação e conservação da cobertura e teto da Igreja.

A paróquia garante que as celebrações de Natal irão decorrer “com dignidade”, lamentando que a decisão tenha de ser tomada em vésperas de “tão importante” data.

Segundo informação da página ‘online’ dos monumentos regionais, a construção da Igreja do Santíssimo Salvador do Mundo foi iniciada em 1826 e concluída em 1861, substituindo uma antiga ermida da mesma evocação. Sendo um misto de barroco e gótico, com predominância daquele último, foi restaurada nos finais do século XX.