Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, venceu os derradeiros cinco embates face a Rúben Amorim, técnico do Sporting, e está invicto há oito, em vésperas do 14.º duelo, para a jornada 14 da I Liga de futebol 2023/24.

Em 13 embates, Conceição, sempre vestido de ‘azul e branco’, domina com seis vitórias, o dobro das de Amorim, que alcançou duas nos dois encontros pelo Sporting de Braga e apenas uma ao comando dos ‘leões’, em 11 encontros.

O confronto entre os dois treinadores lusos ostenta ainda quatro empates, sendo que Sérgio Conceição lidera também nos golos, com 19 marcados e 12 sofridos.

Amorim, de 38 anos, até começou muito bem o duelo com Conceição, de 49, ao vencer os dois primeiros confrontos, no espaço de uma semana, em janeiro de 2020.

No dia 17, os ‘arsenalistas’ impuseram-se no Dragão por 2-1, para a ronda 17 do campeonato, com tentos de Fransérgio e do agora ‘leão’ Paulinho, num jogo em que o FC Porto falhou dois penáltis, e, no dia 25, na final da Taça da Liga, a vitória (1-0) aconteceu com um golo de Ricardo Horta, aos 90+5 minutos.

Ainda na época 2019/20, Amorim rumou a Alvalade e, como ‘leão’, perdeu o primeiro encontro face a Conceição, que venceu por 2-0, com tentos de Danilo e Marega, e selou, em 15 de julho de 2020, o 29.º título de campeão da história dos portistas.

Na época seguinte, marcada pela pandemia de covid-19 e pelo título do Sporting, 19 anos depois, o ex-médio do Benfica ainda conseguiu, porém, ampliar a vantagem sobre o ex-extremo de Lazio, Inter Milão ou Parma, com uma vitória e dois empates.

Os dois embates para a I Liga acabaram com igualdades, a dois tentos em Alvalade e a zero no Dragão, e, pelo meio, o Sporting venceu o FC Porto por 2-1 na final da Taça da Liga, naquela que ainda é a última vitória de Amorim face a Conceição e ao FC Porto.

Em 19 de janeiro de 2021, o maliano Moussa Marega, com um golo aos 79 minutos, deu vantagem aos ‘azuis e brancos’, mas, na parte final, o cabo-verdiano Jovane Cabral, que tinha entrado aos 78, deu a volta ao jogo, com um ‘bis’, assinado aos 86 e 90+4.

Em 2021/22, os dois jogos do campeonato também acabaram empatados (1-1 em Alvalade e 2-2 no Dragão), com os portistas a imporem-se, depois, nas meias-finais da Taça de Portugal, com vitórias por 2-1 em Lisboa e por 1-0 no Porto.

O confronto entre Amorim e Conceição ficou igualado, com três vitórias para cada lado, mas o técnico do FC Porto prosseguiu na senda dos triunfos na época passada, somando mais três.

Os ‘dragões’ venceram em casa por 3-0, na terceira ronda do campeonato, ganharam por 2-0 em Leiria, na final da Taça da Liga, e, na segunda volta da I Liga, triunfaram por 2-1 em Alvalade.

Conceição ‘manda’ face a Amorim e, contando também as passagens por Olhanense, Académica, Sporting de Braga e Vitória de Guimarães, lidera igualmente o histórico global face ao Sporting, com 10 vitórias, 13 empates e seis derrotas, em 29 jogos (32-32 em golos).

O atual treinador portista ‘empatou’ os ‘leões’ uma vez em cada um dos clubes que representou antes de chegar aos ‘dragões’, pelos quais soma 10 vitórias, nove empates e apenas duas derrotas, com 28 golos marcados e 16 sofridos.

O 14.º duelo de Rúben Amorim com o FC Porto e o seu atual treinador, e o 30.º de Sérgio Conceição face ao Sporting está marcado para segunda-feira, pelas 20:15, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, e conta para a 14.ª jornada da I Liga.