O Governo dos Açores vai investir 8,1 milhões de euros na ligação entre o norte e o sul da ilha de São Jorge, na sequência do contrato de empreitada assinado hoje pela secretária regional das Infraestruturas.

Berta Cabral, secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, referiu que o investimento é de cerca de 8,1 milhões de euros e “vem colmatar uma necessidade há muito reivindicada pela população daquela ilha, e a que o Governo dos Açores dedica total empenho e celeridade”.

A empreitada agora lançada surge no âmbito do projeto inserido no Plano de Recuperação e Resiliência, ligando a costa norte à costa sul da ilha de São Jorge.

De acordo com o Governo dos Açores, “com esta obra, são diminuídas as distâncias e tempos de percurso aos portos e aeroporto, localizados na costa sul da ilha, ao mesmo tempo que se proporciona a redução de consumos de combustível, em virtude da melhoria das condições de circulação e características geométricas da via”.

Está prevista uma intervenção de reabilitação da estrada existente, com correção do traçado em três curvas perigosas, incluindo a estabilização de taludes, numa extensão total da obra de 13 quilómetros.

A obra contempla terraplenagens, drenagens, pavimentação, sinalização e segurança, obras acessórias e integração paisagística.

A empreitada foi adjudicada à empresa Tecnovia-Açores, na sequência de concurso público, e tem um prazo de execução de 730 dias.

Citada em nota de imprensa do executivo açoriano, Berta Cabral considerou que as acessibilidades são um “elemento decisivo do desenvolvimento harmonioso dos concelhos, da ilha e da região, que quebra o isolamento e a distância, proporcionando mais segurança e conforto”.

“Investir nas acessibilidades é um sinal claro da vontade e determinação do Governo Regional na mobilidade dos açorianos e na coesão social e económica dos Açores”, afirmou.