A Fundação Pauleta entregou hoje cerca de duas toneladas de bens alimentares ao Banco Alimentar de São Miguel, numa iniciativa que decorreu no Complexo Desportivo Pedro Pauleta e que contou com a presença do ex-futebolista.

No final do evento, o antigo internacional português destacou, em declarações à Lusa, que todos os anos a sua fundação faz “várias ações solidárias com diversas instituições” e que, “nesta época natalícia”, fez “questão de entregar outra vez ao Banco Alimentar”.

Pauleta enaltece o “lado solidário” que pretende transmitir com estas iniciativas aos jovens da sua escola de futebol.

“A Fundação Pauleta foi criada para isso, ou seja, é uma forma de passar a mensagem aos quase 400 miúdos que temos aqui na escola, que há sempre alguém que precisa mais do que nós e temos também de ter esse lado social”, apontou após o momento da entrega, que contou com a presença de Luísa César, presidente do Banco Alimentar de São Miguel.

O dinheiro para os alimentos foi arrecadado através de ações solidárias no Pauleta Azores Soccer Cup, torneio infantil promovido no verão em São Miguel, onde foram arrecadados cerca de dois mil euros “através de uma barraca solidária” e de uma iniciativa que envolveu bicicletas estáticas.

“Arranjámos duas bicicletas e, por cada quilómetro percorrido pelas pessoas, a Fundação Pauleta pagava um euro. Chegámos aos dois mil euros por parte da Fundação e a Ageas Seguros, que é nossa parceira, disponibilizou também outros dois mil euros”, adiantou.

Durante o evento foram ainda entregues prendas como bolas de futebol e peças de vestuário a jovens da Casa do Gaiato de São Miguel, instituição de acolhimento localizada em Ponta Delgada.