A iniciativa “Bairros Comerciais Digitais” deverá abranger cerca de 400 empresas no centro histórico de Ponta Delgada, nos Açores, com a aplicação de medidas de transformação digital, num investimento de cerca de um milhão de euros, foi hoje anunciado.

Numa nota de imprensa, a Câmara de Ponta Delgada revela que foi aprovada a candidatura que apresentou, em consórcio com a Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada e Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, para a criação de um bairro comercial digital no centro histórico da cidade.

Segundo a autarquia, o “investimento elegível aprovado foi de 1.089.158,50 euros”.

O projeto “Bairro Comercial Digital PDL Centro Histórico” ficou na 14.ª posição a nível nacional nacional, no total de 160 candidaturas.

Citado na nota, o presidente do executivo municipal, Pedro Nascimento Cabral (PSD), afirma-se convicto de que este é “mais um passo seguro para modernizar o comércio no centro histórico da cidade”.

“Estamos a trabalhar para criar as melhores condições para que o nosso tecido empresarial esteja preparado para ultrapassar os desafios que a próxima década vai trazer, apoiando um projeto que visa promover a transição digital do comércio no centro histórico de Ponta Delgada”, sublinhou.

Inserida no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), acrescentou, a medida permite, num quadro mais amplo, “desenvolver e dinamizar a economia de Ponta Delgada”.

A medida “Bairros Comerciais Digitais” tem como objetivo promover a digitalização da economia, quer através da adoção de tecnologia por parte dos operadores económicos e pela digitalização dos seus modelos de negócio, quer pela sensibilização e capacitação dos trabalhadores e empresários.