A União Astronómica Internacional atribuiu o nome do investigador açoriano Pedro Mota Machado a um asteroide que orbita entre Marte e Júpiter, em reconhecimento ao professor do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, foi hoje anunciado.

Numa nota divulgada no ‘site’ do Governo Regional, o executivo felicita Pedro Mota Machado, destacando a carreira científica e pedagógica que o investigador tem desenvolvido no estudo do sistema solar e no domínio da astrofísica, sendo “um dos primeiros portugueses e o primeiro açoriano a receber tal reconhecimento”.

“Esta distinção honra os Açores e todos os açorianos”, lê-se na nota divulgada pelo executivo açoriano, presidido pelo social-democrata José Manuel Bolieiro.