Os Açores viram renovado o galardão Quality Coast, atribuído pela Green Destinations, que distingue a qualidade ambiental costeira para um turismo sustentável, anunciou hoje o Governo Regional.

De acordo com uma nota de imprensa do executivo açoriano, a Secretaria Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas foi “formalmente notificada da renovação do galardão Quality Coast, prémio internacional atribuído pela Green Destinations que distingue a qualidade ambiental costeira para um turismo sustentável”.

A Green Destinations é uma organização sem fins lucrativos para o desenvolvimento e reconhecimento de destinos sustentáveis com base na Holanda, apoiando mais de 200 destinos em 60 países.

O seu objetivo é promover o turismo responsável com base em princípios globalmente reconhecidos e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Segundo o executivo açoriano, nos critérios definidos pela Green Destinations, a região “obteve um nível de cumprimento de 97,3% dos indicadores de sustentabilidade em análise”.

É o caso das características do destino, gestão do destino, natureza e paisagem, meio ambiente e clima, cultura e tradição, bem-estar social e negócios e comunicação.

“A distinção agora atribuída à Região Autónoma dos Açores valida a evolução positiva e consolidada do trabalho desenvolvido através das boas práticas de sustentabilidade, reforçando igualmente o posicionamento e a liderança dos Açores neste domínio”, afirma o executivo açoriano.

Os Açores foram distinguidos com este galardão pela primeira vez em 2014, voltando a integrar a lista dos destinos vencedores em várias edições subsequentes.

O programa Quality Coast, desenvolvido pela Green Destination Award & Certification, “desafia os destinos a fomentarem uma gestão responsável, sustentada numa base contínua e sustentável, com o propósito de estimular o setor turístico a adotar medidas ambientais relevantes”.

Os destinos comprometem-se a integrar um sistema de gestão sustentável, sob auditoria externa de desempenho e progresso a cada dois anos, enquanto recebem sugestões de melhoria.

Este galardão destina-se sobretudo para destinos à beira-mar, com especial atenção às margens, gestão de praias e qualidade das águas balneares.