Olá, o meu nome é Noélia Arruda, & “A Saúde Fértil da Mulher” é uma rubrica que é emitida na Açores 9 rádio e que depois é disponibilizada em Podcast, onde iremos abordar a essência da Mulher ao longo da vida, nas várias fases do ciclo de vida feminino, desde a vida intrauterina até à pós-menopausa, sempre com um olhar de proteção e promoção da sua saúde na vertente física, mental, emocional e espiritual.

Gostaria de convidar todas as mulheres para que abram a sua mente e o seu coração para a transformação, porque é realmente possível mudar a sua vida!

A Endometriose é uma patologia em que há aumento de tecido endometrial fora do útero e isso causa muitas dores e uma baixa qualidade de vida. Naturalmente o tecido endometrial cresce no início do ciclo menstrual, transforma-se após a ovulação para permitir a implantação de um possível embrião e descama durante a menstruação para voltar a crescer no ciclo seguinte.

Na endometriose há um maior risco de um envelhecimento precoce do ovário e de todo o sistema reprodutor feminino que possui mais stress oxidativo. O stress oxidativo ocorre ao nível das células do nosso organismo e é como se as células interiormente estivessem em esforço para se equilibrarem individualmente e quando não conseguem morrem e assim vamos envelhecendo.

No sistema reprodutor feminino o aumento de stress oxidativo é provocado por alterações na formação da glutationa, ou seja, por falta de um sistema protector antioxidante do organismo, vai haver mais óvulos com stress oxidativo e com menos capacidade antioxidante, para que sejam óvulos férteis e fecundáveis. Além disso se o sistema de todo o organismo está mais inflamado e com mais stress oxidativo, vai haver maior dificuldade do organismo acionar o sistema antioxidante e isso gera dificuldade em eliminar as toxinas introduzidas pelos alimentos, pela água e pelo ambiente em que estamos envolvidos.

Muitos estudos referem que a dieta foodmap está indicada na síndrome do colon irritável, na doença celíaca e na SIBO na medida em que controla os sintomas gastrointestinais. Como é característico nas mulheres com endometriose situações de obstipação, diarreia, flatulência ou outro desconforto abdominal, verifica-se importante e coadjuvante contornar esses sintomas com uma dieta Foodmap. Como exemplo de alimentos foodmap temos: os Frutanos (trigo, centeio, cevada) confundidos com alimentos com glúten, o alho e a cebola; os Góis (feijão, grão, lentilhas); a Frutose (mel e fruta (maçã)); os Polióis; os Adoçantes; a Lactose.

A dieta fodmap tem 2 momentos principais: 1º a fase de eliminação de HC de cadeia curta altamente fermentáveis e que não são bem absorvidos no Intestino delgado e quando passa para o intestino grosso as bactérias vão fermentar em demasia; 2º fase introdução, 11 semanas depois, em que se verifica melhorias consideradas e via-se testando os fodmap gradualmente, tendo em consideração a quantidade e a qualidade!

Termino com a seguinte reflexão: Os Alimentos são para Todos os dias. E a sua Saúde? Viva Bem… Coma melhor!

Até para a semana!