Pedro Madruga

Pedro Madruga, de 47 anos, venceu o concurso “Fotógrafo do Ano Ocean Azores 2024”, com uma fotografia que representa um cachalote a saltar fora de água, junto à costa da ilha do Pico, foi hoje anunciado.

O concurso de fotografia, organizado pela Fundação Ocean Azores em parceria com o operador turístico Azores Getaways, convidou profissionais e amadores a submeterem as suas melhores fotografias sob a temática do oceano, tiradas nas águas das nove ilhas que compõem o arquipélago dos Açores.

Segundo a organização, a fotografia vencedora, da autoria de Pedro Madruga, natural da ilha do Faial e residente na ilha Pico, ‘skipper’ de profissão, foi selecionada entre mais de 1.400 submissões.

“Após um rigoroso processo de avaliação por parte dos jurados, incluindo Pete Souza, antigo fotógrafo da Casa Branca, Lisa Steiner, especialista mundial em cachalotes e o presidente da Fundação Ocean Azores, Ali Bullock, ‘A Sperm Whale Breaching’ foi a fotografia escolhida como vencedora”, referiu a fonte em comunicado hoje enviado à agência Lusa.

O foco da competição foi a sustentabilidade marinha, tendo o concurso sido dividido em quatro categorias: turismo oceânico, acima da água, debaixo de água e ainda lixo marinho.

Os vencedores nas quatro categorias foram Roxanne Rambert (acima de água), David Ochoa (debaixo de água), Pedro Madruga (turismo oceânico) e Joel Rohrer (lixo marinho).

O vencedor absoluto do concurso de fotografia, Pedro Madruga, “além de ver o seu trabalho presente no aeroporto de Ponta Delgada durante um ano, ganha ainda um prémio pecuniário de 2.500 euros”, adiantou a organização.

O presidente da Fundação Ocean Azores, Ali Bullock, citado na nota, refere que “a qualidade e a paixão pelo oceano” demonstradas pelos concorrentes “foram esmagadoras” e os jurados “tiveram muito que debater para selecionar a imagem vencedora”.

“A imagem escolhida como vencedora absoluta foi considerada a mais representativa da missão do concurso, que era contar a história de um santuário marinho único e ajudar a divulgar o trabalho sobre o turismo marinho sustentável”, apontou.

Luís Nunes, CEO e proprietário da Azores Getaways, afirmou, na mesma nota, que “uma baleia que surge perto da costa é sempre um momento muito especial, algo que mostra a beleza da natureza a que estas baleias pertencem”.

“Não poderia estar mais feliz por este merecido vencedor, que mostra o que os Açores têm de melhor e o que temos para oferecer”, disse.

A fotografia vencedora absoluta e as fotografias das quatro categorias do concurso “Fotógrafo do Ano Ocean Azores 2024” serão exibidas ao longo ano, na sala de desembarque do aeroporto de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

As imagens selecionadas também podem ser visualizadas em oceanazores.com ou no Instagram @oceanazores.