Uma nova grua com a possibilidade de movimentar até 100 toneladas e contentores de 40 pés é esperada na quinta-feira no porto da Horta, ilha do Faial, que duplicará a atual capacidade portuária, informou hoje a Portos dos Açores.

Em comunicado, a empresa que administra portos na região dos Açores explicou que a “nova grua portuária com capacidade de 100 toneladas e com a faculdade de movimentar contentores de 40 pés” representa um investimento de 999.950 euros, no âmbito do Plano Plurianual de Investimento da Portos dos Açores, SA, executado ao abrigo de contratos-programa com o Governo dos Açores.

A iniciativa, é acrescentado na nota, visa “a renovação e o adequado apetrechamento das diversas infraestruturas portuárias da região, tendo em conta critérios de operacionalidade, segurança e eficiência”.

“A nova grua duplica a atual capacidade portuária, com mobilidade, permitindo a movimentação de volume de carga pesada a cerca de sete metros do seu centro de rotação, dotando o porto da Horta de um recurso que responde de forma mais completa e eficiente às necessidades da operação”, salientou a sociedade.

Segundo a administração portuária, em 2024 estão ainda previstas entregas de duas novas gruas de 124 toneladas, uma para o porto de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, e outra para o porto da Praia da Vitória, na ilha Terceira, num investimento total de 8,850 milhões de euros.

A Portos dos Açores, que tem como acionista único a Região Autónoma dos Açores, é responsável pela administração dos portos de Vila do Porto (ilha de Santa Maria), de Ponta Delgada (São Miguel), da Praia da Vitória e das Pipas (Terceira), da Praia da Graciosa (Graciosa), da Calheta e de Velas (São Jorge), das Lajes do Pico, de São Roque do Pico e da Madalena (Pico), da Horta (Faial), das Lajes das Flores e de Santa Cruz das Flores (Flores) e da Casa (Corvo).