A freguesia da Ribeira Chã, na Lagoa, vai acolher a 8.ª edição do Festival da Malassada, numa organização do Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa e da Junta de Freguesia da Ribeira Chã, em que as receitas angariadas reverterão a favor das obras de beneficiação da Igreja Paroquial.

Nos dias 10 e 11 de fevereiro, entre as 15h00 e as 19h00, o Centro de Catequese e Cultura da Ribeira Chã recebe o Festival da Malassada, e que se estende a toda a rua da Boavista, com barraquinhas, a cargo de várias instituições do concelho, que para além das deliciosas malassadas, contará com doçaria típica desta época carnavalesca. A par disso, não faltará animação infantil e um convidativo programa musical.

Deste modo, no sábado, dia 10 de fevereiro, a abertura do festival, às 15h00, far-se-á com a atuação do Grupo de Escuteiros n.º 1333 da Ribeira Chã, seguindo-se, pelas 15h30, o Grupo Som do Vento. Todos os presentes poderão, também, contar com a performance de Ensemble de Saxofones da Sociedade Filarmónica Estrela D´Alva, às 17h00, e das Violas da Terra de Rafael Carvalho, às 18h00.

Já no domingo, dia 11 de fevereiro, o Grupo de Escuteiros n.º 1333 da Ribeira Chã dará início às festividades, às 15h00, seguindo-se a atuação do Grupo de Cantares Vozes do Mar do Norte, pelas 15h30. Além de que, o Grupo de Cantares Vozes do Monte Santo irá animar o Festival, pelas 17h00, e o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz atuará às 18h00.

De referir que, nesses dois dias, haverá, igualmente, animação infantil dedicada aos mais jovens, com pula-pulas, pinturas faciais, jogos tradicionais e algumas oficinas lúdicas, sendo que o Projeto A Avó Veio Trabalhar nos Açores irá proporcionar ao público em geral um workshop de bordado da sua “Collection_03”.