A Câmara Municipal de Ponta Delgada, em São Miguel, em parceria com o Comando Operacional dos Açores, irá assinalar, no dia 28 de janeiro, o centenário da morte de Teófilo de Braga, um “defensor dos ideais republicanos”.

O programa inclui a deposição de uma coroa de flores, pelas 15:30 locais (16:30 em Lisboa), junto ao busto de Teófilo de Braga, nas imediações do Forte de São Brás, e uma sessão solene, no Coliseu Micaelense, pelas 16:00.

A autarquia lembra, uma nota, que Teófilo de Braga “nasceu e estudou em Ponta Delgada, tirou o curso de Direito na Faculdade de Coimbra e, desde cedo, se apresentou como homem disciplinado e determinado, um verdadeiro entusiasta da cultura e defensor dos ideais republicanos”.

Foi deputado, presidente do Governo Provisório Republicano e, posteriormente, Presidente da República, em substituição de Manuel Arriaga, entre 29 de maio e 05 de outubro de 1915.