A Fonte do Bastardo foi na terça-feira derrotada pelo Galatasaray, da Turquia, por 3-0, na primeira mão dos quartos de final da Taça Challenge de voleibol, mas esteve perto de vencer dois parciais.

A jogar em casa, a equipa açoriana entrou em campo consciente da superioridade dos turcos, mas o jogo acabou por ser equilibrado e, por pouco, não surpreendia o Galatasaray no primeiro e no terceiro sets.

Os visitantes acabaram por finalizar melhor nos momentos decisivos dos parciais, carimbando a vitória por 24-26, 19-25 e 23-25.

O Galatasaray entrou melhor no jogo, marcando os três primeiros pontos, mas, com dois remates assertivos de José González, a equipa da casa equilibrou o jogo e passou para a frente do marcador aos 6-5.

Aproveitando alguns erros da equipa da Turquia, a Fonte acentuou a vantagem, marcando seis pontos seguidos (13-8).

O jogo parecia pender para o lado açoriano, mas os visitantes foram encurtando a distância até ao empate (23-23) e acabaram por vencer (24-26).

A equipa dos Açores começou melhor no segundo parcial, praticamente sempre na frente do marcador (10-6), mas um ‘ás’ de Jan Zimmermann deu o empate ao Galatasaray aos 12-12.

O bloco de Hadrava e Güngör não deu hipóteses à Fonte do Bastardo de se impor no jogo e os turcos assumiram a liderança do marcador (14-20).

Nuno Abrantes ainda fez mexidas na equipa e os açorianos aproximaram-se do adversário (18-21), mas acabaram por entregar o set aos 19-25.

Com a vitória mais distante, a equipa da casa deu luta no último parcial, que foi disputado quase ponto a ponto, nos primeiros momentos.

Os turcos não conseguiram uma vantagem superior a quatro pontos (10-14) e deixaram-se empatar aos 15-15.

A Fonte ainda prometeu uma reviravolta ao voltar a empatar aos 22-22, com Julian López a controlar o jogo na rede, mas nos momentos decisivos o Galatasaray foi mais forte e venceu por 23-25.

Jogo realizado no Complexo Desportivo Vitorino Nemésio, na Praia da Vitória.

Fonte do Bastardo – Galatasaray, 0-3.

Parciais: 24-26 (31 minutos); 19-25 (28); 23-25 (28).

Sob a arbitragem de Juan Erce Álvarez (Espanha) e Markus Zyber (Países Baixos), as equipas alinharam:

– Fonte do Bastardo: Frederico Gómez, Marcos Pereira, Jackson Gilbert, José González, Francisco Pombeiro e Julian López. Jogaram ainda Luciano Massimino (líbero), Alejandro Lahoz, Matthew Passalent e Carlos Prieto.

Treinador: Nuno Abrantes.

– Galatasaray: Jan Hadrava, Baturalp Güngör, Miran Kujundzic, Oguzhan Karasu, Jan Zimmermann e Osman Durmaz. Jogaram ainda Beytullah Hatipoglu (líbero), Muzaffer Yönet e Onur Günaydi.

Treinador: Umut Cakir.

Assistência: Cerca de 250 espetadores.