Belenenses e Santa Clara empataram hoje sem golos em jogo da 15.ª jornada da II Liga de futebol, disputado no Estádio do Restelo, resultado que poderá comprometer a liderança para os açorianos, ainda invictos na competição.

A partida não conheceu golos, pelo que o Santa Clara passou a somar 33 pontos, mais dois do que o segundo classificado, o AVS, mas poderá ser destronado na liderança da II Liga caso o emblema de Vila das Aves saia vencedor da receção ao Mafra, agendada para o próximo dia 31.

O primeiro tempo contou com três fases distintas, sendo que a primeira refletindo um início de predominância para o Santa Clara, que dispôs de duas boas situações para marcar, no minuto inicial e aos 23 minutos, em ambos os casos com boas defesas do guardião belenense, Guilherme Oliveira.

O Belenenses conseguiu equilibrar as forças a partir dos 25 minutos e, pouco depois, superiorizar-se ao seu adversário até ao intervalo, porém sem conseguir colocar situações de verdadeiro apuro ao guardião visitante, além de uma tentativa de Ricardo Matos perto da meia hora de jogo para boa defesa de Gabriel Batista.

A segunda parte foi seguindo sem grandes situações de golo, com ligeira supremacia para o Santa Clara, que, no entanto, não conseguia ultrapassar o setor defensivo dos ‘azuis do Restelo’, sempre bem organizados.

Apesar de ter sido mais rematador e assumido superioridade, nomeadamente na posse de bola, na segunda parte, o conjunto insular não conseguiu marcar e desfazer o empate sem golos, que permite ao Belenenses aproximar-se dos mais diretos perseguidores pela fuga aos lugares de descida, passando a somar 13 pontos, colocando-se a um ponto de Penafiel e Leixões apesar de não deixar o penúltimo lugar da classificação.

 

Jogo no Estádio do Restelo, em Lisboa.

Belenenses – Santa Clara, 0-0.

Ao intervalo: 0-0.

Equipas:

– Belenenses: Guilherme Oliveira, Serra (Rui Correia, 74), Fábio Luís (Cain Attard, 84), Chima Akas, Pedro Carvalho, Chapi, Duarte Valente, Tiago Manso, Midana Sambu (Danny, 81), Miguel Tavares (Moha Keita, 81) e Ricardo Matos (Maxuel Cássio, 81).

(Suplentes: David Grilo, Tiago Gonçalves, Danny, Moninhas, Cain Attard, Rui Correia, Moha Keita e Maxuel Cássio).

Treinador: Vasco Faísca.

– Santa Clara: Gabriel Batista, Sidney Lima (João Lima, 90+1), Luís Rocha, Pedro Pacheco, Lucas Soares, Serginho (Eduardo Ageu, 90+1), Gustavo Klismahn (Vinícius Lopes, 73), Paulo Henrique, Bruno Almeida (Andrezinho, 82), Ricardinho e Rafael Martins.

(Suplentes: Marcos Diaz, Diogo Calila, Sema Velásquez, João Lima, Andrezinho, Eduardo Ageu, Miguel Pires, MT e Vinícius Lopes).

Treinador: Leandro Pires.

Árbitro: Anzhony Rodrigues (AF Madeira).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Luís Rocha (08), Lucas Soares (19), Pedro Carvalho (51)

Assistência: cerca de 1.000 espetadores.