Santa Clara vence Marítimo e cola-se ao Nacional na liderança

O Santa Clara venceu hoje o Marítimo por 2-1, nos Açores, em encontro da 12.ª jornada da II Liga de futebol, e continua a liderar a prova, em igualdade com o Nacional, ambos com 26 pontos.

Gabriel Silva (18 minutos) adiantou os açorianos, Lucas Silva (34) ainda empatou, mas Pedro Pacheco (74) confirmou o triunfo do Santa Clara.

A equipa açoriana entrou de rompante na partida e, logo aos quatro minutos, adiantou-se no marcador por intermédio de Gabriel Silva. O avançado brasileiro marcou de cabeça, após recarga ao remate de Rafael Martins, defendido em primeira instância pelo guardião Amir.

O Marítimo respondeu aos nove minutos. Gabriel Batista defendeu a tentativa de golo de Igor Julião e, na recarga, o lateral do Marítimo atingiu o poste.

Já o Santa Clara esteve perto do segundo por Bruno Almeida. O esquerdino fez o que quis da defesa do Marítimo, driblando uma série de adversários, mas Amir acabou por negar o golo com uma excelente defesa.

A turma maritimista conseguiu chegar à igualdade através de um contra-ataque, num lance em que René Santos lançou na profundidade Lucas Silva, que rematou forte para o fundo das redes, aos 34 minutos.

O encontro foi mesmo empatado para o intervalo, depois de uma primeira parte em que os ‘encarnados’ de Ponta Delgada entraram melhor, mas em que o Marítimo foi conseguindo equilibrar o jogo.

Os açorianos entraram melhor na etapa complementar e, aos 60 minutos, beneficiaram da expulsão de Zainadine, que viu o segundo cartão amarelo.

Com maior pendor ofensivo, o conjunto dos Açores chegou ao 2-1 aos 74 minutos, graças a um golo do defesa central Pedro Pacheco. Nota neste lance para a péssima abordagem do guardião do Marítimo.

A vitória garante a liderança aos açorianos, que somam os mesmos 26 pontos do Nacional. Já o Marítimo é sexto classificado com 19 pontos.

Jogo disputado no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Gabriel Silva, 04 minutos.

1-1, Lucas Silva, 34.

2-1 Pedro Pacheco, 74.

Equipas:

– Santa Clara: Gabriel Batista, Sidney Lima, Rocha, Pedro Pacheco, Calila (Ricardinho, 63), Adriano, Serginho (João Lima, 71), Paulo Henrique, Gabriel Silva (Lucas Soares, 80), Bruno Almeida (Bruno Almeida, 71) e Rafael Martins (Vinicius, 80).

(Suplentes: Marcos Díaz, João Lima, Ricardinho, Andrézinho, Ageu, MT, Lucas Soares, Vinicius, Klismahn).

Treinador: Vasco Matos.

– Marítimo: Amir, Igor Julião, Zainadine, Renê Santos, China, Diogo Mendes, Euller (Francis Cann, 72), Marcos Silva (Noah, 33), Xadas (Vítor Costa, 33), Lucas Silva (Higor Platiny, 72) e Bica (Dylan, 62).

(Suplentes: Samu Silva, Val Soares, Dylan, Bernardo, Tomás Domingos, Noah, Francis Cann, Vítor Costa, Higor Platiny).

Treinador: Manuel Tulipa.

Árbitro: Miguel Nogueira (AF Lisboa).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Zainadine (31), Luís Rocha (44), Noah (55), Zainadine (60), João Lima (87), Diogo Mendes (90+5′) e cartão vermelho para Zainadine (60)

Assistência: 3.197 espetadores.

 

73 minutos – Golo! Pedro Pacheco Marca para o Santa Clara.

36 minutos – Golo! Lucas Rodrigues Marca para o Marítimo. Golo precedido de uma mão do defesa do Marítimo, o árbitro não marcou falta nem o pontapé de canto e o Marítimo aproveitou, que os jogadores do Santa Clara estavam a protestar com o árbitro e em contra-ataque restabelecem a igualdade.

04 minutos – Golo! Gabriel Silva Marca para o Santa Clara.