Um grupo de peticionários entregou no parlamento açoriano um abaixo-assinado a exigir a criação de um programa que permita aos jovens explorar o arquipélago, mas o Governo diz que “não se pode substituir às agências de viagens”.

“O que propomos é a criação de um programa, denominado ‘Açores Jovem Explorer’, que permita aos jovens se reconectarem com a sua cultura e que sirva também como promoção do turismo local”, explicou, na quarta-feira, aos membros da Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Regional, o primeiro subscritor da petição, João Pedro Mendonça.

Confrontada com a reivindicação pelos deputados da Comissão de Assuntos Sociais, a secretária regional da Juventude, Emprego e Formação Profissional, Maria João Carreiro, desvalorizou as pretensões dos signatários.

“Já temos plataformas e instrumentos que servem para facilitar a mobilidade dos jovens açorianos”, afirmou a governante, adiantando que “o Governo não se pode substituir às agências de viagens” na marcação de deslocações, como defendem os peticionários.