O líder do PS/Açores, Vasco Cordeiro, defendeu hoje um “esforço suplementar” de limpeza das ribeiras e linhas de água na região, antecipando o inverno, através de um financiamento extraordinário às juntas de freguesia e câmaras municipais.

Citado numa nota de imprensa, o dirigente do maior partido da oposição nos Açores refere que as situações que tem sido testemunhadas e que têm chegado ao conhecimento dos socialistas apontam, “indiscutivelmente, para a necessidade imperiosa e urgente de ser desencadeado um esforço suplementar de limpeza de ribeiras e linhas de água, antes da chegada das chuvas do próximo inverno”.

Para Vasco Cordeiro, o Governo Regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM “quase destruiu a capacidade operacional dos serviços que tratam dessas áreas, por uma questão de apoios políticos”.

“Isso é um facto, mas, neste momento, mais importante do que o debate e os juízos sobre aquilo que já passou, é a necessidade de resolver este assunto e acautelar o futuro”, salienta.

Assim, acrescenta, a par da vigilância, “há uma questão mais importante e urgente, que é a de evitar situações semelhantes às que se verificaram nos Mosteiros há algum tempo ou, mais recentemente, em algumas freguesias da costa norte da ilha de São Miguel”.

Reconhecendo que não há tempo para reforçar a capacidade operacional própria dos serviços da administração regional, Vasco Cordeiro defende que a solução é fazer acordos de financiamento extraordinários com juntas de freguesia e, até mesmo, câmaras municipais, “garantindo-lhes os recursos financeiros para que, de forma descentralizada e mais rápida, possam ajudar a resolver esta situação intervindo nas áreas das suas circunscrições”.