O Bloco de Esquerda (BE) nos Açores alertou hoje para “constrangimentos” à operação no porto comercial das Lajes das Flores, devido à “avaria das duas gruas” e questionou o Governo sobre a reparação dos equipamentos.

Em causa estão “várias denúncias e queixas” por parte dos utilizadores dos equipamentos, uma vez que “não” existem garantias de segurança na sua operacionalidade, aponta o BE/Açores, num comunicado de imprensa.

O partido refere que enviou hoje um requerimento ao Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM) a questionar o executivo sobre “a avaria das duas gruas” no porto comercial das Lajes das Flores, afirmando que a situação “tem causado constrangimentos à operação, e custos acrescidos”.

Segundo o Bloco, uma das gruas pertence “à empresa Portos dos Açores” e está “há mais de um ano com o cabo de aço danificado”, e a outra, “que pertence à Lotaçor, e que estava a ser utilizada em alternância à da Portos dos Açores, encontra-se também avariada há cerca de três meses”.

Os deputados do Bloco alertam também para as consequências para as empresas marítimo-turísticas, cuja época alta é determinante para o seu “equilíbrio financeiro e consequente sustentabilidade”.

Por isso, o Bloco quer saber se o Governo Regional tem conhecimento da avaria das duas gruas, quando se prevê a sua reparação e se o executivo e as empresas responsáveis pelos equipamentos pretendem implementar planos de manutenção adequados, com a deslocação de técnicos à ilha de forma mais frequente.