WhatsApp começa a ganhar relevância em Portugal

As redes sociais são “mais um canal” para os partidos políticos fazerem campanha eleitoral e o Facebook é o que mais chega ao eleitorado, e o WhatsApp começa a ganhar relevância em Portugal, segundo investigadores ouvidos pelo Lusa.

A investigadora do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e do Observatório da Comunicação (OberCom) Ana Pinto Martinho disse à agência Lusa que o Facebook é a rede social que chega a um maior número de pessoas, sendo, por isso, o canal privilegiado para os partidos políticos fazerem passar a sua mensagem, uma vez que atinge quase todo o eleitorado, incluindo o mais velho.

No entanto, este ano está a assistir-se “a um aumento muito maior da comunicação através do WhatsApp”, referiu Ana Pinto Martinho, sustentando que o que aconteceu nas eleições do Brasil está agora a começar a passar-se em Portugal.