Pub

O crescimento exponencial que o mercado de apostas online em Portugal tem experienciado ao longo do último ano e meio catapultou o setor para valores perto dos 2 mil milhões de euros em volume de apostas no último trimestre de 2020.

Estes dados, plasmados no mais recente relatório trimestral do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ), entidade que supervisiona e regula a atividade de jogo online no nosso país, revelam que no último quarto do ano passado, o volume total de apostas online (apostas desportivas + apostas em jogos de fortuna ou azar) ascendeu a 1754,9 milhões de euros, mais 350 milhões de euros do que o verificado no trimestre anterior e mais 713 milhões de euros em comparação com igual período de 2019.

A fatia de leão deste bolo acabou por pertencer à categoria dos jogos de fortuna ou azar que, para o período em análise, obteve um volume de apostas que se cifrou em 1409,5 milhões de euros.

Apesar da grandiosidade dos números, este valor é o culminar lógico de um crescimento que já se vinha a fazer sentir ao longo da análise trimestre a trimestre de 2020 chegando a estas cifras que enunciam uma subida em 555,3 milhões de euros face ao período homólogo de 2019 e superior em 227,6 milhões em comparação ao trimestre anterior.

Pub

Do póquer e das slot-machines para o desporto, a categoria de apostas desportivas à cota, ainda que com menor volume de apostas registadas, fechou o 4º trimestre de 2020 com 345,4 milhões de euros, valor que superou em 159,7 milhões o registado no período homólogo de 2019 e em 122,6 milhões o verificado no trimestre que finalizou a 30 de setembro de 2020.

Se estes números baralham as calculadoras normais, mais dificuldades estas terão em lidar com o panorama que o conjunto do ano de 2020 em volume de apostas tem a oferecer.

Feitas as contas, o total do volume de apostas registadas durante o ano passado atingiu um valor superior a 5, 5 mil milhões euros (quase metade do Orçamento do Ministério da Saúde para 2021) que se repartem da seguinte forma: 808,2 milhões de euros nas apostas desportivas e 4,8 mil milhões nos jogos de fortuna ou azar.

Esta conjuntura altamente favorável para as apostas online acaba por se refletir, igualmente, nas receitas alcançadas pelo setor. Ainda que menos quilométricas, as receitas brutas geradas durante o último trimestre de 2020 ultrapassaram os 100 milhões de euros estacionando nos 113,2 milhões euros.

Para além de ajudar a cimentar a pujança do setor, este valor revela um crescimento de 48,4 milhões (+74,7%) face a igual período de 2019 e supera em 29,1 milhões o registado no trimestre anterior.

Ao contrário do que aconteceu no volume de apostas, no item receitas brutas a liderança pertence às apostas desportivas à cota com receitas brutas de 64,1 milhões de euros (56,6%), enquanto os jogos de fortuna ou azar se “ficaram” pelos 49,1 milhões (43,4%), ainda assim 18 milhões a mais do que no período homólogo.

No conjunto do ano de 2020, as contas revelam que o total de receitas brutas ascendeu a 336,4 milhões de euros, mas desta feita, com os jogos de fortuna ou azar a merecerem a dianteira nas contribuições com 174,5 milhões e as apostas desportivas com 161,9 milhões de euros.

Setor Apostas Online recebe reforço de peso

Como referimos, estes números dão corpo a um cenário de vitalidade, vitalidade que poderá ser ainda maior com a entrada da Bwin, uma das maiores casas de apostas mundiais, no mercado português.

Isto aconteceu no passado dia 16 de abril com a formalização da aquisição da bet.pt pela Bwin, um negócio que contou com aprovação do SRIJ. O “efeito Bwin” já se faz sentir com o anúncio, na mesma data, do acordo entre esta casa de apostas e a Liga de Clubes para que a Bwin passa a ser, durante cinco épocas, o principal Naming Sponsor da principal competição futebolística profissional em Portugal.

O acordo celebrado entre as partes entrará em vigor a partir de julho, altura em que o principal escalão do futebol português passará a ser denominado de “Liga Portugal Bwin”.

Vale a pena referir que, entre os apostadores online portugueses, a Primeira Liga portuguesa aparece bem cotada no ranking das competições que mais apostas recebem, aparecendo, de acordo com os dados do SRIJ relativos ao último trimestre de 2020, no segundo lugar da tabela, só superada pela PremierLeague inglesa.

À semelhança do que acontece em outros países onde a Bwin já opera, espera-se que a entrada deste player em território nacional gere um apetite adicional pelas apostas desportivas online entre os apostadores portugueses.

Para já, e como já acontece com outras casas de apostas desportivas online, espera-se que a Bwinentre em jogonos portais especializados no fenómeno do jogo online como é o caso do ApostasOnline.pt. Este portal apresenta informação sobre a entrada da bwin Portugal e o que esperar deste novo player no mercado, contanto em breve ter ofertas e bónus de experimentação para começar a apostar na nova casa de apostas.

Pub