PUB

A informação foi avançada hoje numa nota do executivo açoriano, acrescentando que as candidaturas serão agora avaliadas por um júri constituído por representantes do Governo Regional, da Universidade dos Açores e da Câmara do Comércio e Indústria dos Açores.

De acordo com o Governo Regional, aos primeiros 20 classificados serão atribuídos ingressos para a edição de 2021 da Web Summit e um prémio pecuniário no valor de 500 euros por concorrente, destinado a comparticipar os custos associados à sua participação, comprometendo-se os premiados a divulgar presencialmente as suas empresas e serviços no expositor dos Açores na conferência.

Este concurso, cujo prazo de candidaturas decorreu até ao dia 15 de outubro, tem como objetivo “fomentar a internacionalização das empresas tecnológicas regionais e a melhoria e exportação dos seus serviços através da sua participação na edição de 2021 da conferência Web Summit”, que decorre de 01 a 04 de novembro, em Lisboa, salienta o Governo açoriano.

PUB
Pub