Vinte e dois projetos submetidos ao Orçamento Participativo Jovem

A primeira edição do Orçamento Participativo Jovem registou uma boa adesão por parte dos jovens da Ribeira Grande que submeteram vinte e dois projetos para análise da equipa técnica (dezassete na vertente escolar e cinco de âmbito concelhio).

Os projetos serão agora avaliados por um júri que deliberará, até 22 do corrente, sobre quais os que passam à fase de votação, decorrendo esta entre 9 e 20 de dezembro.

As vinte e duas propostas apresentadas pelos jovens da Ribeira Grande constituem, no entender de Alexandre Gaudêncio, presidente da autarquia, “um sinal inequívoco da vontade que os jovens têm em assumir um papel ativo na tomada de decisão e resolução de problemas no meio escolar que eles próprios identificaram.”

O Orçamento Participativo Jovem assume também um “relevante papel no reforço da cidadania junto dos mais jovens”, vincou Alexandre Gaudêncio, edil que congratulou “todos aqueles que se envolveram no projeto e contribuíram para que a primeira edição da iniciativa fosse coroada de sucesso.”

O presidente da Câmara da Ribeira Grande salientou ainda a “preocupação da autarquia em envolver todos os estabelecimentos de ensino do concelho de modo a que o Orçamento Participativo Jovem alcançasse uma elevada abrangência no que diz respeito à identificação das lacunas que os jovens entendem ser necessárias suprir.”

Orçado em 100 mil euros, o Orçamento Participativo Jovem contempla 55 mil euros para o concelhio e os restantes 45 mil euros serão repartidos igualmente pelos projetos vencedores a nível escolar. As áreas de intervenção definidas são infraestruturas de apoio às políticas de juventude, educação/formação, cultura, ambiente e saúde.