Pub

A Vice-Presidência do Governo dos Açores está a realizar este mês um conjunto de formações dedicadas à promoção do diálogo intercultural e à sensibilização sobre o acesso dos migrantes à Saúde.

As formações destinam-se, respetivamente, a técnicos da Administração Pública Regional que trabalham no setor da Educação e a enfermeiros do Serviço Regional de Saúde e docentes da Escola Superior de Saúde da Universidade dos Açores.

As ações dedicadas às temáticas da interculturalidade foram realizadas nos dias 7, 9 e 20 de julho, em formato online, através da Direção Regional das Comunidade e em parceria com a Direção Regional da Educação e com o Alto Comissariado para as Migrações. As ações contaram com a participação de 60 trabalhadores indicados por escolas das ilhas do Corvo, Flores, Pico, São Jorge, Graciosa, Terceira e São Miguel.

Estas ações tiveram como objetivo proporcionar uma abordagem introdutória à compreensão da diversidade cultural e da relação com os outros no mundo atual. Durante quatro horas, os participantes abordaram várias temáticas relacionadas com o diálogo e a educação interculturais através de métodos e técnicas expositivas, complementados com práticas ativas como a dinamização de grupo ou o debate.

Pub

Ainda neste mês de julho, no dia 23, sexta-feira, tem lugar uma ação de sensibilização sobre o acesso dos migrantes à Saúde, que visa sensibilizar e informar os profissionais a exercer atividade em unidades de saúde da Região sobre as várias dimensões que integram o fenómeno do acesso à saúde por parte das comunidades migrantes. A formação é realizada através da plataforma Zoom e tem também uma duração de quatro horas.

Entre outros aspetos, esta ação pretende dar a conhecer o enquadramento legal do acesso dos migrantes ao Sistema de Saúde, assim como os acordos bilaterais e de cooperação no domínio da saúde, identificar situações de isenção/dispensa das taxas moderadoras e incentivar a partilha de práticas de intervenção na área da saúde.

Estas iniciativas são desenvolvidas no âmbito do projeto REGIN – Regions for Migrants and Refugees Integration, liderado pela CRPM – Conferência das Regiões Periféricas Marítimas, que a Região Autónoma dos Açores integra em conjunto com as regiões europeias da Campania e da Apúlia (Itália), da Catalunha e de Múrcia (Espanha) e de Skåne (Suécia).

A Vice-Presidência do Governo dos Açores, através da Direção Regional das Comunidades, tem apostado no desenvolvimento de ações e iniciativas que promovam a diversidade e o diálogo cultural na Região, fomentando assim a plena integração de todos na sociedade açoriana.

Pub