“Acompanhamos essa situação com toda a solidariedade para com o André e também para com a sua família no atravessar destes momentos difíceis e também com a esperança de que tudo se resolva da melhor forma possível e com recuperação”, afirmou Vasco Cordeiro, que é também presidente do Governo Regional dos Açores.

Sobre o estado clínico do eurodeputado socialista, o dirigente partidário disse que não lhe competia “falar sobre esse aspeto”, mas confirmou que acompanha a situação “desde a primeira hora”.

O eurodeputado açoriano socialista está internado no hospital Divino Espírito Santo em Ponta Delgada em estado grave, devido a um enfarte sofrido na madrugada de segunda-feira, e estará em coma induzido.