Pub

O presidente do PS/Açores, Vasco Cordeiro, destacou a criação de “cerca de cinco mil empregos” efetivos ao longo dos últimos quatro anos de governação socialista, número que sobe para mais de 12 mil nos últimos 12 anos.

Estamos a falar de efetivamente de emprego criado. Ou seja, entre 2012 e 2020 foram criados mais 12.500 empregos na nossa região. De 2016 a 2020 cerca de cinco mil empregos criados na nossa região”, declarou Vasco Cordeiro.

O também presidente do Governo Regional, que tomou posse pela primeira vez em 2012, referiu que os números se referem a “emprego efetivo criado” e “que não têm a ver” com o número de pessoas em programas ocupacionais.

Pub

O cabeça de lista do PS pelos círculos de São Miguel e da compensação às próximas eleições regionais de 25 de outubro falava, em Ponta Delgada, após uma visita a uma superfície comercial.

Instado a comentar sobre o peso dos empregos precários e de curta duração no aumento dos empregados na região, Vasco Cordeiro afirmou que “basta confirmar os dados” para perceber que a precariedade tem diminuído no arquipélago e que tem existido uma “diminuição muito acentuada” dos números em programas ocupacionais.

“Não só conseguimos aumentar o emprego, como conseguimos diminuir a precariedade no emprego, diminuir o recurso a programas de ocupação, dando desta forma uma nota muito clara daquela que é a sustentabilidade do emprego que foi criado”, assinalou.

O líder socialista referiu que os números apresentados “não significam que todos os desafios” ao nível da precariedade “estejam resolvidos”, mas salientou que a região tem uma “das taxas mais baixas de desemprego” do país de 4,9%.

“Fizemos já no âmbito da pandemia da covid-19 um trajeto de ponto de vista da segurança do emprego que permite que hoje a região tenha a mais baixa, senão das mais baixas, taxas de desemprego do nosso pais: 4,9%”, afirmou, acrescentando que a região apresenta também uma “taxa de desemprego jovem abaixo da média nacional”.

Para “concretizar a aposta na segurança e na confiança do emprego”, o socialista disse pretender um aumento da “qualificação dos trabalhadores”, um reforço das “novas ferramentas de comunicação” ao nível das empresas e uma maior eficiência na “área logística e dos transportes”.

As próximas eleições para o parlamento açoriano decorrem em 25 de outubro.

Nas eleições regionais açorianas existem nove círculos eleitorais, um por cada ilha, mais um círculo regional de compensação que reúne os votos que não foram aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.

O PS governa a região há 24 anos, tendo sido antecedido pelo PSD, que liderou o executivo regional entre 1976 e 1996.

 

Pub