Foto: JEdgardo Vieira

Segundo a tutela, a vacinação destes doentes começou hoje pela unidade de diálise do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira e vai ser alargada, “na próxima semana”, às unidades de diálise do Hospital da Horta (Faial), da Unidade de Saúde do Pico e do Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada (São Miguel).

A delegação da Associação Portuguesa de Insuficientes Renais (APIR) dos Açores tinha enviado, no dia 19 de fevereiro, um ofício ao diretor regional da Saúde a questionar sobre a data prevista para a vacinação contra a covid-19 destes doentes.

“A nível nacional, todos os nossos colegas que efetuam o tratamento de hemodiálise e diálise peritoneal já se encontram vacinados independentemente a sua idade”, alertou, na altura, a associação, lembrando que existiam 236 insuficientes renais crónicas nos Açores em fase terminal.

Questionado, na altura, pela Lusa, o diretor regional da Saúde, Berto Cabral, disse que os insuficientes renais faziam parte da “primeira fase de vacinação”, alegando que, “havendo condições para isso”, era “expectável” que fossem vacinados quando chegasse o lote de vacinas seguinte, na primeira semana de março.

A direção regional da Saúde dos Açores previa receber 17.500 doses de vacinas da Pfizer contra a Covid-19 na primeira semana de março, mas chegaram apenas 5.850 na segunda-feira, estando prevista a chegada de outras 5.850 no dia 15 de março.

Para além dos doentes com insuficiência renal, estas vacinas serão destinadas a “cidadãos com mais de 75 anos” e a “cidadãos com mais de 50 anos com as patologias prioritárias”, incluídos na primeira fase do plano de vacinação regional contra a covid-19.

A região recebeu também, na quarta-feira, 8.500 doses de vacinas da AstraZeneca, com as quais dará início, “na próxima semana”, à “vacinação dos profissionais de saúde que exercem no privado e das forças de segurança”.

Segundo fonte oficial da secretaria regional da Saúde, até quarta-feira tinham sido administradas 21.622 doses de vacinas contra a covid-19 nos Açores, tendo recebido a primeira dose 13.096 pessoas e as duas doses 8.526 pessoas.