Pub

Em destaque no encontro estiveram Emília Ferreira, da União Sportiva, com 22 pontos marcados, e Japonica James, do lado do Benfica, com 26 pontos.

Uma vez que as regras de controlo da pandemia da covid-19 em Ponta Delgada permitem a presença de público nas bancadas dos recintos desportivos, os cerca de 180 adeptos presentes no pavilhão Sidónio Serpa criaram um ambiente infernal para o encontro da luta pelo título.

Em desvantagem na eliminatória (91-72 no embate inicial), a União Sportiva entrou forte no encontro, mas o Benfica conseguiu suster o ímpeto das açorianas.

Apesar de a equipa insular ter estado quase sempre em vantagem, no final do primeiro período, o marcador assinalava um empate a 22 pontos, resultado que espelhava o equilíbrio e a intensidade da fase inicial da partida.

Pub

No segundo parcial, a União Sportiva conseguiu superiorizar-se ao Benfica, sobretudo explorando o jogo lateral. Contudo, a equipa da Luz não ‘arredou pé’ e conseguiu explorar as fragilidades da União Sportiva, evitando que a equipa da casa alcançasse vantagens folgadas. Com Mazyck em destaque, a equipa açoriana conseguiu chegar ao intervalo a vencer por apenas 42-39.

Após o intervalo, o Benfica entrou melhor e conseguiu reverter a desvantagem (44-47), mas rapidamente a equipa da casa restabeleceu o domínio. Apesar de um período equilibrado, a formação açoriana, sobretudo na reta final, foi mais forte do que as ‘encarnadas’ e alcançou uma vantagem de sete pontos (67-60).

No derradeiro período, o jogo subiu ainda mais de intensidade, tornou-se repartido, mas os triplos da União Sportiva iriam fazer a diferença. Dos pontos açorianos, 48 foram conseguidos através de triplos. No final, a equipa açoriana venceu por 85-72.

Ficha de jogo

Jogo realizado no Pavilhão Sidónio Serpa, em Ponta Delgada.

Benfica – União Sportiva, 85-72.

Ao intervalo: 42-39.

Sob a arbitragem de Diogo Martins, Joana Pessoa e Marta Perdigão, as equipas alinharam e marcaram:

– União Sportiva (85): Ana Ramos (2), Nausia Woolfolk (16), Gabriela Paula (12), Aliyah Mazyck (16), Vânia Sengo (8). Jogaram ainda Raquel Laneiro (9), Emília Ferreira (22) e Sofia Ferreira.

Treinador: Ricardo Botelho.

– Benfica (72): Joana Soeiro (5), Mariana Carvalho (18), Mariana Silva (16), Laura Ferreira (7), Japónica James (26). Jogaram ainda Marta Martins e Ana Barreto.

Treinador: Eugénio Rodrigues.

Marcha do marcador: 22-22 (primeiro período), 42-39 (intervalo), 67-60 (terceiro período) e 85-72 (resultado final).

Assistência: 180 espetadores.

Pub