Pub

AÇORES 9 TV EM DIRETO

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, reforçou hoje que a estratégia para o turismo da região passa pela “excelência” e pela “qualidade” e “não pelo baixo preço”, nem pela “massificação”.

Discursando nas Velas, na ilha de São Jorge, o social-democrata que preside ao executivo de coligação PSD/CDS-PP/PPM, realçou que os Açores estão a “potenciar cada vez mais um turismo de excelência”.

“[Queremos] garantir um turismo de excelência, não só pela capacidade instalada para garantir satisfação à procura, como por potenciar a procura através dos meios de mobilidade para empolgar a oferta em capacidade instalada”, afirmou.

Contudo, acrescentou, “sempre por nível da excelência, não pelo baixo preço”.

“Não pela massificação, mas sobretudo pela excelência, pela qualidade e pelo valor acrescentado. A mobilidade ajuda a potenciar essa estratégia”, salientou José Manuel Bolieiro, que falava no final da viagem marítima inaugural entre São Roque, na ilha do Pico, e as Velas, em São Jorge.

Na quarta-feira, o Serviço Regional de Estatística (SREA) revelou que as dormidas em alojamentos turísticos nos Açores triplicaram entre janeiro e abril, face ao período homólogo, mas continuaram abaixo dos valores registados em 2019, antes da pandemia de covid-19.

Sobre a viagem marítima entre São Roque e as Velas, o presidente do Governo Regional referiu que a nova linha “não substitui nenhuma preexistente”, estando-se “a acrescentar valor à oferta que já existia neste período de veraneio” e também “a fazer história”.

“Fazer história por causa do futuro é garantir oferta que potencie a economia, a mobilidade e, sobretudo, uma ligação cada vez mais genuinamente de partilha na economia de escala que este Triângulo [Pico, São Jorge, Faial] em particular é capaz de gerar”, defendeu.

Por isso, a atuação do Governo Regional deve “ajudar a desenvolver a economia” em detrimento de uma “política pública de subvenção” e “à espera do subsídio”, acrescentou.

“O que potencia o desenvolvimento não é a passividade da solidariedade esperada pela subvenção pública. É sim a exigência estratégica de políticas públicas para desenvolverem a economia e potenciarem a criatividade, o sentido empreendedor”, disse.

Em comunicado divulgado hoje, a empresa pública de transporte marítimo Atlânticoline revelou que a viagem inaugural transportou 69 passageiros das Velas para São Roque e 80 passageiros de São Roque para as Velas.

A linha ‘Laranja’ fará a viagem Velas/São Roque/Velas duas vezes por dia, cinco dias por semana, num “total de 260 viagens entre os dois concelhos”, até 18 de setembro

Em 19 maio de 2022, o presidente do Governo dos Açores anunciou um aumento das ligações marítimas e aéreas à ilha de São Jorge durante a época alta, incluindo um reforço de voos com São Miguel e Terceira.

Na altura, em declarações à imprensa após uma reunião com os empresários de São Jorge, José Manuel Bolieiro revelou que o executivo açoriano vai sediar um ‘ferry’ da empresa pública Atlânticoline durante três noites nas Velas e criar uma ligação entre aquela vila jorgense e o concelho de São Roque do Pico.

Pub