“Foi determinada a suspensão dos treinos e provas desportivas em escalões de formação, exatamente com o mesmo critério. São jovens cujo risco de contaminação é maior atendendo à estirpe inglesa”, adiantou hoje o secretário regional da Saúde e Desporto dos Açores, Clélio Meneses.

O governante falava, em Angra do Heroísmo, na conferência de imprensa de atualização das medidas de contenção da pandemia de Covid-19, que vigoram a partir das 00h00 de sábado.

Segundo o executivo açoriano, vai manter-se a obrigatoriedade de realização de testes de despiste à saída de São Miguel para outras ilhas, mas é recomendado também que se evitem deslocações.

“É recomendado o adiamento de provas desportivas que impliquem deslocações de e para São Miguel neste próximo fim de semana e todo o tipo de eventos que impliquem ajuntamentos, quer sejam privados ou públicos”, avançou o secretário regional.

O executivo açoriano decidiu ainda manter as escolas em ensino à distância e encerrar creches e ateliês de tempos livres em toda a ilha.

Segundo o presidente da Comissão de Acompanhamento da Luta Contra a Pandemia nos Açores, Gustavo Tato Borges, o encerramento das escolas na ilha de São Miguel, a uma semana das férias da Páscoa, permitiu reduzir a percentagem de infetados nas faixas etárias mais jovens de 30% do total de casos para 12%.

“Não é que a escola seja um problema, mas é nestes locais que convivem mais e fora do ambiente da aula convivem mais sem máscara e com mais contactos próximos”, explicou, acrescentando que se as escolas não tivessem fechado “este número total de casos teria sido ainda maior”.