Treinador do Santa Clara diz que vitória diante do Benfica não “vai alimentar” a equipa

O treinador do Santa Clara, João Henriques, disse hoje que o triunfo diante do Benfica na jornada passada da I Liga de futebol foi “histórico”, mas que não irá “alimentar” a equipa até ao final do campeonato.

O treinador do Santa Clara, João Henriques, disse este sábado que o triunfo diante do Benfica na jornada passada da I Liga de futebol foi “histórico”, mas que não irá “alimentar” a equipa até ao final do campeonato.

“Perceber que o que fizemos [frente ao Benfica] foi realmente histórico, mas já passou, está fechado, fica para as nossas memórias, mas não é isso que nos vai alimentar para fazermos mais jogos até ao final”, declarou João Henriques hoje na Cidade do Futebol, em Oeiras, casa da equipa açoriana até final do campeonato devido à Covid-19.

O treinador de 47 anos falava na conferência de imprensa de antevisão ao encontro frente ao Boavista, no Bessa, no Porto, a contar para a 29.ª jornada da I Liga de futebol.

Na 28.ª jornada do campeonato, o Santa Clara venceu o Benfica no estádio da Luz, por 4-3, naquele que foi o primeiro triunfo da história dos açorianos frente aos ‘encarnados’. Os quatro tentos marcados pelo Santa Clara fizeram da equipa a primeira a marcar quatro golos no novo estádio da Luz em jogos do campeonato.

“Temos de trazer primeiro toda a gente à terra e isso neste grupo de trabalho é fácil fazer”, afirmou João Henriques. O técnico da equipa insular destacou que o jogo contra o Boavista tem “características completamente diferentes” do encontro anterior com o Benfica, uma vez que os ‘axadrezados’ estão a “disputar diretamente” com o Santa Clara o oitavo lugar na tabela classificativa.

João Henriques disse esperar um jogo “muito difícil” frente a uma equipa “muito bem orientada” por Daniel Ramos, que vem de uma derrota por 4-0 frente ao FC Porto. “Vai ser um bom jogo, vai ser competitivo, intenso, com são sempre jogos no Bessa. A equipa do Boavista tem vindo a demonstrar qualidade, tem vindo a demonstrar que é uma equipa muito agressiva com e sem bola”, afirmou.

Com o triunfo na última jornada, o Santa Clara garantiu o objetivo da manutenção, mas o treinador realçou que a equipa “tem mais objetivos” do que apenas a permanência e irá disputar os 18 pontos que restam até final do campeonato.

Questionado sobre a possibilidade de a sua formção chegar aos lugares que permitem o acesso às provas europeias, João Henriques frisou que a equipa irá trabalhar “jogo a jogo” e irá “procurar incessantemente” a vitória em todos os encontros.

O objetivo imediato do Santa Clara passa por subir uma posição na tabela e alcançar o sétimo lugar, ocupado pelo Vitória de Guimarães.

“Estamos conscientes de que o sétimo lugar está muito perto, a dois pontos. E é disso que vamos à procura, de melhorar jornada a jornada a nossa posição. Nós não dependemos de nós para ficar no sétimo lugar, mas a nossa parte vai ser feita”, apontou.

O Santa Clara, oitavo classificado com 38 pontos, vai defrontar o Boavista, 10.º com 35, no próximo domingo, no estádio do Bessa, às 20h00, em jogo a contar para a I Liga de futebol.