Pub

Um golo de Coates, no nono minuto de compensação, deu hoje a vitória 2-1 ao Sporting em casa do Tondela, no jogo que encerrou a 23.ª jornada da I Liga de futebol.

Os tondelenses adiantaram-se no marcador aos 13 minutos, por Miguel Cardoso, mas os ‘leões’ ainda igualaram na primeira parte, pelo holandês Bas Dost, e, numa altura em que atuavam com menos um, expulsão por duplo amarelo de Mathieu, chegaram à vitória já aos 90+9, através de Coates, quando o árbitro João Capela precedia a compensações de tempo perdido já nos descontos.

A vitória permite aos ‘leões’ voltarem a igualar o Benfica no segundo posto, ambos com 56 pontos, a dois do líder FC Porto, enquanto o Tondela fecha a jornada no 11.º com 25.

 RESUMO

I Liga – Resultados da 23.ª jornada

  • Feirense – Portimonense (1-3)
  • Desportivo das Aves – Marítimo (0-0)
  • Benfica – Boavista (4-0)
  • Estoril Praia – Belenenses (0-2)
  • Vitória de Setúbal – Paços de Ferreira (1-0)
  • Moreirense – Desportivo de Chaves (0-1)
  • FC Porto – Rio Ave (5-0)
  • Vitória de Guimarães – Sporting de Braga (0-5)
  • Tondela – Sporting (1-2)

CLASSIFICAÇÃO

Liga
  J V E D G P
1 FC Porto 22 18 4 0 58 – 10 58
2 Benfica 23 17 5 1 59 – 15 56
3 Sporting 23 17 5 1 47 – 14 56
4 SC Braga 23 16 1 6 48 – 23 49
5 Rio Ave 23 11 3 9 31 – 31 36
6 Chaves 23 9 6 8 29 – 35 33
7 Boavista 23 9 3 11 23 – 32 30
8 Marítimo 23 8 6 9 18 – 28 30
9 V. Guimarães 23 9 2 12 30 – 43 29
10 Portimonense 23 7 6 10 35 – 36 27
11 Tondela 23 7 4 12 27 – 36 25
12 Belenenses 23 6 6 11 21 – 34 24
13 Aves 23 5 6 12 24 – 35 21
14 V. Setúbal 23 4 9 10 26 – 40 21
15 P. Ferreira 23 5 6 12 25 – 41 21
16 Estoril 22 6 3 13 22 – 41 21
17 Feirense 23 6 2 15 20 – 33 20
18 Moreirense 23 4 7 12 18 – 34 19

98 minutos – GOLO de S. Coates.

60 minutos – Segundo cartão amarelo para J. Mathieu. Mathieu põe a mão na cara de Pedro Nuno e o médio do Tondela cai no relvado. Gera-se de seguida a confusão e João Capela dá o segundo amarelo ao central francês.

Caso Ruben Rodrigues

26 minutos – GOLO de Bas Dost. Aí está o avançado holandês a mostrar que os 19 dias fora de competição não lhe tiraram o faro pelo golo. CRuzamento perfeito de Acuña do flanco esquerdo e Bas Dost, sem precisar de tirar os pés do chão a fazer o empate.

13 minutos – GOLO de Miguel Cardoso. Não foi à primeira, foi à segunda! Tomané lança Miguel Cardoso, agora pelo corredor central e o extremo bate a defesa contrária em velocidade e inaugura o marcador, beneficiando ainda de um desvio num adversário, que trai Rui Patrício.

Pub