Suspeito da morte de Maëlys levado ao local de desaparecimento

O suspeito da morte de Maëlys de Araújo, Nordahl Lelandais, foi hoje levado ao alegado local de desaparecimento da menina de nove anos, refere a impresa francesa.

De acordo com o jornal Le Parisien e a estação de rádio FranceInfo, foram encontrados restos de sangue no carro do ex-militar correspondentes ao ADN de Maëlys e o suspeito pediu, depois, para ser ouvido pelos magistrados.

Nessa audiência, hoje, Nordahl Lelandais teria dado indicações sobre a localização do corpo e falado em acidente, ainda de acordo com o Le Parisien.