Sporting prolonga ‘lay-off’ por mais 30 dias

O Sporting solicitou o prolongamento por mais 30 dias do ‘lay-off’ que afetava 95% dos funcionários desde abril, em consequência da suspensão das atividades desportivas devido à pandemia de covid-19, disse hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

O prolongamento destas medidas extraordinárias, que suspenderam o trabalho de alguns colaboradores e levaram à redução do tempo de serviço e do salário de outros, foi comunicado aos profissionais do clube na quinta-feira, afirmou a mesma fonte, acrescentando que foram feitos alguns ajustes pontuais relativamente ao pedido inicial.

Em 16 de abril, a SAD do Sporting comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o recurso ao ‘lay-off’ de 95% dos trabalhadores do “universo ‘leonino'”, então com o objetivo de reduzir os custos com o pessoal em 40% durante a pandemia.