Pub

Com o Sporting de Braga, detentor do título, fora de prova, assim como o Benfica, recordista com 26 taças, FC Porto e Sporting aparecem nesta fase como os principais favoritos à conquista da Taça de Portugal, embora com a certeza de que só um poderá estar na final, já que, caso ambos passem os ‘quartos’, é certo que haverá clássico nas meias-finais.

Essa situação alimenta o sonho do Jamor a Rio Ave e Tondela, que se defrontam na quarta-feira, na Vila do Conde, e a Portimonense e Mafra, que medem forças na quinta-feira, no Algarve.

O primeiro a entrar em cena é o Sporting, num encontro com o Leça que ganhou ainda mais importância depois da surpreendente derrota com o Santa Clara (3-2) na I Liga, a primeira da temporada para a formação de Rúben Amorim em provas nacionais.

Ainda numa curta carreira, a Taça de Portugal é o único título nacional que foge ao técnico ‘leonino’, que deverá voltar a estar ausente devido a ter testado positivo à covid-19.

Além da revalidação do campeonato e de uma nova Taça da Liga, a conquista da 18.º Taça de Portugal da história do Sporting é um objetivo claro da temporada de Amorim, que quererá aproveitar o duelo com o Leça, do quarto escalão, para fazer esquecer o desaire dos Açores.

Por isso mesmo, no encontro que vai decorrer em Paços de Ferreira, no Estádio Capital do Móvel, devido à falta de condições do recinto do Leça, o Sporting deverá apresentar a sua principal equipa, no que pode ser uma boa oportunidade para Pedro Gonçalves regressar aos golos.

Goleador da I Liga da última temporada, o internacional português leva nove jogos sem marcar e passa por uma crise de confiança, bem notória no jogo com o Santa Clara.

Apesar de militar no Campeonato de Portugal, o quarto escalão, o Leça promete dar algum trabalho ao Sporting e prova disso é a eliminação de dois emblemas da I Liga (Gil Vicente e Arouca), além de um excelente registo no seu campeonato.

Liderado por Luís Pinto, de apenas 32 anos, o Leça lidera a Série C, tendo cedido apenas um empate e uma derrota em 11 jornadas.

Este será o primeiro confronto entre estes dois emblemas desde 1998, altura em que o Leça competia no primeiro escalão.

Enquanto o Sporting tem de ultrapassar a ‘depressão açoriana’, o FC Porto, que tal como os ‘leões’ tem 17 Taças de Portugal no seu historial, aparece nesta fase em verdadeira euforia, após alcançar a liderança isolada da I Liga e em ‘estilo’, depois de recuperar de uma desvantagem de 2-0 para bater fora o Estoril Praia por 3-2 e somar o 12.º triunfo seguido na prova.

Menos de um mês depois, a equipa de Sérgio Conceição vai regressar a um terreno do Vizela onde esta temporada já alcançou uma tranquila goleada por 4-0, situação que coloca ainda mais os ‘dragões’ como favoritos a seguir em frente.

O Vizela vem um desaire caseiro com o Moreirense (1-0) para o campeonato, mas a equipa de Álvaro Pacheco chega aos ‘quartos’ e a duelo com o FC Porto com a ‘medalha’ de ter eliminado o detentor do título, o Sporting de Braga, com um triunfo por 1-0 precisamente no seu terreno, nos oitavos de final.

Com atenções viradas para a final no Estádio Nacional está também o Portimonense, numa temporada que poderá ser histórica para os algarvios, depois de uma primeira metade da temporada muito interessante.

A equipa de Paulo Sérgio promete fechar a primeira volta da I Liga na luta pelo acesso às competições europeias e tem aspirações justificadas na Taça de Portugal, ainda mais sabendo que só poderá apanhar um ‘grande’ na final.

No jogo que fecha os quartos de final, o Portimonense recebe o Mafra, formação do meio da tabela da II Liga, mas que tem no ‘currículo’ a eliminação de um primodivisionário, o Moreirense.

Numa época em que tenta o regresso ao primeiro escalão (é quarto classificado na II Liga), o Rio Ave alimenta a esperança de chegar pela terceira vez ao Jamor (foi finalista vencido em 1983/84 e 2013/14) e na quarta-feira recebe o Tondela, equipa que está pela primeira vez na sua história nesta fase da Taça de Portugal, apesar de estar a luta pela manutenção na I Liga.

Programa dos quartos de final:

– Terça-feira, 11 jan:

Leça (CP) – Sporting (I), 20:45.

– Quarta-feira, 12 jan:

Rio Ave (II) – Tondela (I), 18.45.

Vizela (I) – FC Porto (I), 20:45.

– Quinta-feira, 13 jan:

Portimonense (I) – Mafra (II), 20:45

Pub