Sporting de Braga quer manter terceiro lugar e fazer ano “histórico”

O Sporting de Braga “está preparadíssimo” para retomar a I Liga de futebol e quer manter o terceiro lugar para fazer deste um ano “histórico”, depois da conquista da Taça da Liga, disse hoje Custódio Castro.

“O grupo está preparadíssimo [para o jogo com o Santa Clara, a 05 de junho] e trazer os três pontos é o grande objetivo. Sinto o grupo cada vez mais preparado, os tempos de quarentena [por causa da pandemia de covid-19] foram sem dúvida difíceis, mas foram iguais para todas as equipas”, disse o técnico na rubrica ‘Duas de Letra’, no Facebook do clube, respondendo a perguntas dos adeptos.

Considerando que o atual plantel é um dos melhores dos últimos anos, Custódio Castro disse que “o grande objetivo nas 10 jornadas que faltam é manter o terceiro lugar e juntá-lo à Taça da Liga”.

“Isso seria histórico e estou certo de que o vamos conseguir”, afirmou.

Custódio Castro voltou a reforçar que vai manter o sistema tático implementado pelo agora treinador do Sporting, Rúben Amorim, o 3x5x2, com “uma ou outra nuance”, mas frisou que “o mais importante é a ideia”.

“Queremos ser uma equipa que quer ter bola, recuperá-la o mais rápido possível para chegar à baliza adversária seja em três toques ou em 30”, afirmou.

No dia em que completou 37 anos, o antigo jogador recebeu mensagens de parabéns de alguns ex-colegas, como Hélder Barbosa, Artur Moraes, Wender ou Rui Jorge, que considerou “o jogador mais inteligente” com quem jogou.

“Tive oportunidade de aprender com jogadores como o Rui Jorge, o jogador mais inteligente com quem joguei, sabia tudo do jogo e é um grande treinador, o Pedro Barbosa ou o Paulo Bento [no Sporting], foi a minha escola, aprendi muito com eles a ser jogador e a ser homem”, disse.

O técnico alertou para a “motivação extra” com que, atualmente, os adversários jogam contra o Braga e admitiu que não esperava chegar tão rapidamente à equipa principal, quando estava ao comando dos sub-17 ‘arsenalistas’.

“Pensava fazer o trajeto natural, mas não dá para controlar a velocidade dos acontecimentos do futebol. No futebol, não existe o tempo certo, foi quando tina que ser. Mas sinto-me preparado e isso é o mais importante”, disse.

O plantel encerrou, este domingo, mais uma semana de preparação com um treino de conjunto no Estádio Municipal tendo em vista o jogo com o Santa Clara, no dia 05 de junho (19:00), que terá lugar na Cidade do Futebol, em Oeiras.

O plantel, que cumpre o anunciado período de confinamento coletivo, regressa aos treinos na cidade desportiva na terça-feira.