PUB

O Sporting de Braga venceu hoje o Santa Clara por 4-0, a contar para a 15.ª jornada da I Liga de futebol, em Ponta Delgada, num encontro fácil para os minhotos, que banalizaram os açorianos.

Os golos da partida foram apontados por Ricardo Horta (15 e 80 minutos), Iuri Medeiros (16 minutos) e André Horta (53). Com o triunfo, os minhotos chegam aos 34 pontos, enquanto os insulares continuam com 13.

PUB

Na primeira parte, o Sporting de Braga foi melhor em todos os momentos do jogo. A atitude da equipa de Artur Jorge contrastou com a passividade dos açorianos. Explorando o espaço entre linhas e aproveitando os espaços concedidos na zona central, a formação minhota destruiu a defesa insular.

 

Aos 15 minutos, após uma excelente jogada ofensiva entre Racic, André Horta e Abel Ruiz, Ricardo Horta inaugurou o marcador com um remate rasteiro para o fundo das redes insulares.

No minuto seguinte, novo golo dos minhotos. Cruzamento de Abel Ruiz na direita para a finalização certeira de Iuri Medeiros, à segunda tentativa, depois de a primeira ter sido defendida por Gabriel Batista.

Em vantagem, o Sporting de Braga recuou e baixou a intensidade do jogo, mas continuou a dominar o encontro a seu bel-prazer. O Santa Clara, por seu turno, não teve capacidade nem para equilibrar a posse de bola, nem para criar lances ofensivos junto da baliza contrária.

Para o segundo tempo, Mário Silva colocou em campo Matheus Babi e Rildo (saíram Tagawa e Ricardinho), mas a equipa açoriana continuou apagada do jogo.

O Sporting de Braga, por seu turno, apareceu nos segundos 45 minutos com vontade de fechar ao encontro. Aos 50 minutos, Sequeira obrigou Gabriel Batista a uma grande defesa e no lance seguinte Paulo Oliveira atirou à barra.

Três minutos depois, André Horta aproveitou todo o espaço concedido pelo adversário, conduziu pelo corredor direito, chegou até à área e finalizou de forma certeira para o 3-0.

O Sporting de Braga baixou o ritmo e passou a gerir o encontro. Contudo, sempre que aceleravam causaram perigo junto da baliza de Gabriel Batista. Aos 80 minutos Ricardo Horta voltou a marcar, num lance onde o ataque minhoto quase se deslumbrou com tantas facilidades.

Pelo meio, o Santa Clara teve o único lance de perigo do encontro, com um remate ao poste de Rildo.

Pub