Sinfonietta de Ponta Delgada apresenta Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni a 27 de outubro no Coliseu Micaelense

A Sinfonietta de Ponta Delgada, agrupamento tutelado pela Quadrivium – Associação Artística, apresenta a ópera Cavalleria Rusticana, de Pietro Mascagni.

A récita terá lugar no Coliseu Micaelense, no próximo dia 27 de outubro, às 17:00, e conta com a direção musical do seu Maestro Titular, Amâncio Cabral.

Cavalleria Rusticana é uma ópera em ato único de Pietro Mascagni, estreada a 17 de maio de 1890 no Teatro Costanzi, em Roma.

É dividida em duas partes, separadas por um intermezzo. Cavalleria Rusticana é considerada uma das primeiras composições do realismo operático italiano e foi desde a sua estreia um enorme sucesso, sendo considerada a obra prima de Mascagni.

Na sua concisa duração, Mascagni serve-nos algumas das mais belas melodias alguma vez compostas para ópera – como é o caso do coral Regina Caelli ou o dramático (e famosíssimo) Intermezzo – recheadas por uma sumptuosa orquestração. Nesta produção, poderemos também contar com um elenco de luxo e nacional, tanto na secção performativa como nos bastidores.

Nos papeis principais, teremos o regresso de Liliana Sebastião, como Santuzza, e de José Corvelo, como Alfio, e a estreia no Coliseu Micaelense de Ana Isabel dos Santos, como Lola, Manuela Teves, como Mama Lucia, e Leonel Pinheiro, como Turiddu.

Como tem sido habitual, a Sinfonietta de Ponta Delgada associa-se à Solidaried’Arte e ao Coral de São José para levar ao palco mais uma magnífica obra de arte, contando com a encenação de Leonardo Sousa e a direção coral de Luís Carreiro.

Este evento conta com o apoio institucional da República Portuguesa – Cultura/Direção-Geral das Artes, da Direção Regional da Cultura dos Açores e da Câmara Municipal de Ponta Delgada. A entrada tem o custo simbólico de três euros (3€).